Mercado fechará em 6 h 31 min
  • BOVESPA

    111.859,59
    +1.609,87 (+1,46%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.828,13
    +270,48 (+0,53%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,65
    +1,16 (+1,65%)
     
  • OURO

    1.773,80
    -4,40 (-0,25%)
     
  • BTC-USD

    42.385,25
    -694,78 (-1,61%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.057,63
    -6,21 (-0,58%)
     
  • S&P500

    4.354,19
    -3,54 (-0,08%)
     
  • DOW JONES

    33.919,84
    -50,63 (-0,15%)
     
  • FTSE

    7.072,59
    +91,61 (+1,31%)
     
  • HANG SENG

    24.221,54
    +122,40 (+0,51%)
     
  • NIKKEI

    29.639,40
    -200,31 (-0,67%)
     
  • NASDAQ

    15.066,50
    +42,50 (+0,28%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1999
    +0,0208 (+0,34%)
     

O que é hardware?

·3 minuto de leitura

Quem acompanha notícias sobre tecnologia certamente já leu por aí a palavra “hardware”, mas o que ela quer dizer? Quem não está muito familiarizado com termos técnicos pode não estar por dentro de tudo e alguns jargões chegam até a confundir um pouco. Hardware, porém, não é um deles e seu significado é até mais simples de se entender.

O termo em inglês, em si, abrange qualquer item ou ferramenta física. Com isso, “hardware” pode incluir até mesmo materiais de manutenção doméstica, como chaves de fenda ou martelos, por exemplo.

Em computação, a premissa é a mesma e o termo se refere a qualquer parte física de um produto eletrônico. Nesse sentido, entende-se como hardware desde as peças internas de um computador — como sua placa-mãe ou memória — como componentes externos, como mouses e teclados. Para simplificar mais ainda, “hardware” é qualquer item que pode ser tocado fisicamente, esteja ele localizado dentro ou fora do aparelho.

Para entender melhor, vamos separar o hardware em dois tipos: internos e externos.

Hardware interno

(Imagem: Слава Вольгин/Pixabay)
(Imagem: Слава Вольгин/Pixabay)

O hardware interno é todo componente que fica "escondido" dentro de um eletrônico. Ele é uma parte essencial para o funcionamento adequado de um produto e faz parte do conjunto físico completo do aparelho.

Dentro de um computador, por exemplo, entende-se como hardware a placa-mãe, memória, unidade de armazenamento SSD ou HD, ventoinhas de resfriamento, leitores de CD, DVD ou cartão de memória e até mesmo os cabos de conexão. Já em um celular, os componentes mais comuns são o chipset — que engloba tanto a CPU quanto a GPU e outros elementos de processamento de dados —, placa de memória RAM e armazenamento, antenas de rede móvel, Wi-Fi ou NFC, a bateria e as lentes que fazem parte do conjunto de câmeras, por exemplo.

Em resumo, o hardware interno de um PC ou smartphone é qualquer peça que seja essencial para a execução de uma ou várias funções do dispositivo.

Hardware externo

(Imagem: Reprodução/Free-Photos/Pixabay)
(Imagem: Reprodução/Free-Photos/Pixabay)

Já o hardware externo é qualquer peça que é ligada diretamente a um computador ou outro eletrônico e pode ser vista e tocada diretamente pelo usuário. Nesse contexto, entende-se como um hardware externo dispositivos como mouses, teclados, webcams, cabos de dados ou carregamento e até mesmo controles remoto de TV ou de videogames — também chamados de periféricos. E por falar em videogames, os consoles — como Xbox ou PlayStation —, em si, também podem ser considerados um hardware, assim como seus componentes internos.

Hardware externos também podem incluir unidades de armazenamento, desde que elas tenham funcionamento fora de um dispositivo final. Nesse grupo, temos como exemplo uma variedade de dispositivos, como SSDs e HDDs externos e até mesmo pendrives ou cartões micro SD

Esse tipo de componente é mais comum de ser encontrado e é facilmente substituído pelo usuário, sem a necessidade de contratar um suporte técnico especializado. O hardware interno também pode ser trocado, é claro, mas não com a mesma frequência que o externo.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos