Mercado fechado
  • BOVESPA

    124.792,53
    -1.354,12 (-1,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.258,73
    +18,22 (+0,04%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,05
    +0,14 (+0,19%)
     
  • OURO

    1.801,60
    -3,80 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    32.280,12
    -99,54 (-0,31%)
     
  • CMC Crypto 200

    780,61
    -13,13 (-1,65%)
     
  • S&P500

    4.411,82
    +44,34 (+1,02%)
     
  • DOW JONES

    35.061,69
    +238,34 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.027,58
    +59,28 (+0,85%)
     
  • HANG SENG

    27.321,98
    -401,86 (-1,45%)
     
  • NIKKEI

    27.548,00
    +159,80 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.111,25
    +182,75 (+1,22%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1346
    +0,0144 (+0,24%)
     

O que é GitHub e como usá-lo

·3 minuto de leitura

Profissionais dos mais variados segmentos utilizam portfólios para exporem seus trabalhos e apresentá-los para mostrar sua expertise profissional. Jornalistas criam blogs ou sites, assim como fotógrafos ou mesmo designers. Mas e quanto aos programadores?

Para eles, existe uma plataforma chamada GitHub onde programadores podem trabalhar em seus projetos, hospedando e gerenciando seus códigos que utilizam o sistema Git como base. Saiba mais sobre o que é o Git, a plataforma GitHub e como começar a usá-lo.

O que é o GitHub

O Git foi criado em 2005 por Linus Torvalds como um lugar para hospedar o código-fonte do Linux, já que a empresa que o mantinha, a BitKeeper deseja começar a cobrar pelo serviço. Sendo assim, nasceu este repositório para gerenciar códigos-fonte de maneira colaborativa.

Então, em 2008, foi lançada a versão web deste repositório, o GitHub, que atualmente é a maior nuvem de códigos, onde é possível trabalhar com códigos abertos, porém também permite que sejam gerenciados e trabalhos de forma privada apenas pela sua equipe.

Além da versão gratuita, o GitHub conta com dois planos pagos, um pacote intermediário por US$4 dólares/mês com suporte e armazenamento e, um premium por US$21 com mais recursos.

Como usar o GitHub

Passo 1: acesse oGitHub e clique em “Sign up for GitHub” para criar sua conta.

Acesse o site do GitHub (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)
Acesse o site do GitHub (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)

Passo 2: ao abrir a plataforma, existe um guia, que, para acessá-lo, basta clicar no botão “Read the guide”. Se desejar criar um repositório, entre por meio do botão “Create repository”.

Você pode subir repositórios ou criar o seu próprio (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)
Você pode subir repositórios ou criar o seu próprio (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)

Passo 3: defina o nome, descrição, se o repositório será público ou privado (podendo ser restrito apenas a você ou à sua equipe) e como ele será iniciado.

Defina e gerencie o seu repositório (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)
Defina e gerencie o seu repositório (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)

Passo 4: acesse o menu lateral para ter acesso a outras funcionalidades do GitHub.

Utilize o menu para navegar entre as seções do GitHub (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)
Utilize o menu para navegar entre as seções do GitHub (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)

Passo 5: o GitHub também funciona como uma rede social; você pode clicar em “Explore” para ver projetos, tendências e mais.

Você pode explorar e encontrar novos códigos e projetos que te interessam (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)
Você pode explorar e encontrar novos códigos e projetos que te interessam (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)

Passo 6: nesta seção, você pode explorar e procurar projetos que te interessam, por desenvolvedores ou repositórios, além de selecionar o idioma a ser usado.

Pesquise os diversos projetos no site para colaborar (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)
Pesquise os diversos projetos no site para colaborar (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)

Passo 7: se você revisar o código de algum desenvolvedor e desejar que seja notado, clique em “Pull Request” para que o autor possa vê-lo.

Vá em Pull Request se deseja compartilhar suas obersevações apontadas em outros projetos (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)
Vá em Pull Request se deseja compartilhar suas obersevações apontadas em outros projetos (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)

Pronto! Agora você conhece as principais seções do GitHub além de saber melhor o que é a plataforma para desenvolvedores.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos