Mercado abrirá em 58 mins
  • BOVESPA

    110.672,76
    -3.755,42 (-3,28%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.402,73
    -283,30 (-0,54%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,00
    -0,96 (-1,16%)
     
  • OURO

    1.779,70
    +9,20 (+0,52%)
     
  • BTC-USD

    63.852,43
    +1.616,75 (+2,60%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,36
    +17,01 (+1,16%)
     
  • S&P500

    4.519,63
    +33,17 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    35.457,31
    +198,70 (+0,56%)
     
  • FTSE

    7.220,10
    +2,57 (+0,04%)
     
  • HANG SENG

    26.136,02
    +348,81 (+1,35%)
     
  • NIKKEI

    29.255,55
    +40,03 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    15.402,00
    +3,50 (+0,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5081
    +0,0119 (+0,18%)
     

O que é e como usar o Viber

·11 minuto de leitura

Vira e mexe a gente se depara com alguma situação que impede o uso do WhatsApp — seja por questões envolvendo privacidade ou quando o aplicativo fica fora do ar. É justamente nesses cenários que outros mensageiros ganham destaque. Hoje, você vai conhecer melhor o Viber.

Lançado em 2010, o Viber tem a mesma proposta da concorrência: enviar mensagens, fotos e vídeos, além da possibilidade de realizar chamadas de voz e vídeo sem custo algum. Também é possível fazer ligações telefônicas para qualquer lugar do mundo pagando uma taxa de uso que lembra os famosos planos pré-pagos de celular.

É verdade que o Viber não chega nem perto da popularidade de outros apps, como Telegram e WhatsApp. No entanto, é uma alternativa interessante e que vale a pena ser testada. A seguir, saiba mais sobre o Viber e tudo o que ele oferece.

O que é Viber?

O Viber começou como um serviço para ligações telefônicas apenas no celular, mas hoje se expandiu para múltiplas plataformas (Imagem: Divulgação/Viber)
O Viber começou como um serviço para ligações telefônicas apenas no celular, mas hoje se expandiu para múltiplas plataformas (Imagem: Divulgação/Viber)

Viber é um aplicativo multiplataforma (Android | iOS | Desktop) desenvolvido pela Rakuten, uma startup japonesa de e-commerce e serviços financeiros. No Japão, a ferramenta já é bastante disseminada entre os usuários. Tanto é que, por lá, o app também é conhecido como Rakuten Viber. Estima-se que o mensageiro possui mais de um bilhão de inscritos no mundo todo.

Inicialmente, o Viber foi lançado para iPhone em dezembro de 2010 como um rival do Skype, que por sua vez, naquela época, também servia para fazer ligações telefônicas. Depois, o Viber chegou a outros sistemas, incluindo Android, BlackBerry e Windows Phone (estes dois últimos descontinuados). Há ainda versões para Windows, Mac, Linux, iPad e Apple Watch.

Por ter sido concebido como um concorrente direto do Skype, o Viber tinha como principal objetivo alcançar usuários que faziam muitas ligações usando o celular. Sim, pode soar um tanto estranho lembrar que os nossos telefones eram usados… apenas como telefones. Mas foi assim que começou o sucesso de muitos apps de voz que acabaram migrando para outros recursos.

Esse foi o caso do Viber. Mesmo lançando o Viber Out, que vamos falar mais adiante, a cada nova versão a plataforma ganhou novidades que iam além das chamadas de voz. Desde as tradicionais mensagens de texto (SMS) às conversas por mensagens diretas, grupos e Perfis Públicos (comunidades).

Atualmente, o Viber tem se destacado exatamente nesses últimos exemplos, com comunidades sobre os mais variados assuntos. O recurso lembra um pouco os grupos do Telegram, porém as comunidades funcionam como uma espécie de feed de notícias — os usuários não podem escrever dentro dessas comunidades, apenas acompanhar o que seus criadores divulgarem.

Assim como no WhatsApp e Telegram, o cadastro no Viber é feito usando seu número de telefone.

O que é Viber Out?

Para quem faz muitas ligações telefônicas, especialmente para outros países, o Viber Out pode ser uma solução interessante e com preços atrativos (Imagem: Divulgação/Viber)
Para quem faz muitas ligações telefônicas, especialmente para outros países, o Viber Out pode ser uma solução interessante e com preços atrativos (Imagem: Divulgação/Viber)

Desde 2013, o Viber disponibiliza uma modalidade paga chamada Viber Out, um serviço de ligações nacionais e internacionais para telefones fixos ou celular. As ligações podem ser feitas mesmo para quem não tenha o Viber instalado. É como se você colocasse créditos no smartphone para falar com outras pessoas pelo telefone.

No Brasil, o Viber Out possui três pacotes de minutos, custando US$ 4,99, US$ 9,99 e US$ 19,99, em versões de assinatura, que se renova a cada mês, ou compra individual, em que você precisará renovar os créditos caso o pacote de minutos tenha sido totalmente utilizado. No entanto, os valores dos pacotes variam de acordo para o país que você for ligar.

Principais recursos do Viber

Mensagens e chamadas de voz e vídeo

No geral, o Viber se assemelha ao WhatsApp, Telegram, Signal ou outros app de troca de mensagens que você pode ter instalado no seu smartphone. Ou seja, se você usa esse tipo de ferramenta apenas para o básico, então o Viber certamente vai atender suas exigências. A sincronização dos contatos também é feita por meio da agenda telefônica do smartphone.

Durante as conversas, você pode enviar fotos, vídeos, stickers, GIFs, links, documentos e outros conteúdos, além de enviar mensagens de voz ou iniciar chamadas de voz ou vídeo para até 30 pessoas em uma única conversa. Recentemente, o Viber lançou uma função de mensagens que desaparecem após serem visualizadas.

Desenhos e loja de adesivos

Um diferencial do Viber é que você pode enviar desenhos ou rabiscos feitos na hora usando uma ferramenta embutida no próprio aplicativo. Além disso, o Viber foi um dos primeiros apps de mensagem a incluir uma loja de stickers para que os usuários possam baixar novas figurinhas e usá-las durante as conversas. Existem mais de 35 mil adesivos, entre modelos gratuitos e pagos.

Chats ocultos

Tem alguma conversa que você não quer correr o risco de ser bisbilhotada por outras pessoas? Sem problemas: o Viber conta com uma funcionalidade para ocultar chats específicos que só podem ser desbloqueados mediante o uso de senha.

Anotações

O Viber também oferece aos usuários um editor de notas para fazer anotações de eventos, tarefas ou assuntos que sejam do seu interesse. Segundo o Viber, você pode definir lembretes para ser avisado sobre notas importantes, marcar quando elas forem concluídas e fazer o backup de suas anotações. As notas podem ser encaminhadas para qualquer conversa do aplicativo.

Grupos e Perfis Públicos (comunidades)

As comunidades (ou Perfis Públicos) servem como grandes centrais de notícias para informar o usuários. Já os grupos, que permitem interação entre usuários, podem ter até 250 pessoas cada (Imagem: Divulgação/Viber)
As comunidades (ou Perfis Públicos) servem como grandes centrais de notícias para informar o usuários. Já os grupos, que permitem interação entre usuários, podem ter até 250 pessoas cada (Imagem: Divulgação/Viber)

O Viber permite a criação de grupos para até 250 pessoas simultaneamente. Neste caso, os integrantes podem participar como se fossem uma conversa privada, podendo enviar mensagens, fotos, vídeos e outros conteúdos para os demais membros.

Só que o chamariz para conversas em grupo no Viber são os chamados Perfis Públicos, que também são conhecidos como as tradicionais comunidades presentes em outros apps e, portanto, não possuem limite de novos seguidores.

Esses perfis funcionam como centrais de notícias para um determinado assunto, site, veículo de imprensa ou artista. Logo, os usuários apenas visualizam o que os administradores dos perfis publicam, sem interagir com aqueles conteúdos. O máximo permitido é curtir ou compartilhar as postagens divulgadas através desses canais.

Segurança e privacidade no Viber

Seguindo a tendência da maioria dos aplicativos de mensagem, o Viber possui criptografia de ponta-a-ponta, o que significa que tudo o que você enviar ou receber pelo app não fica armazenado nos servidores da empresa. Você ainda tem a opção de ocultar seu número de telefone para as outras pessoas.

"Qualquer mensagem que enviar vai de seu dispositivo ao do destinatário na forma de um código criptografado que somente seu dispositivo pode traduzir para texto simples usando uma chave de criptografia. As chaves de criptografia existem apenas nos dispositivos do usuário e em nenhum outro lugar. Assim, ninguém — nem mesmo o Viber — consegue ler suas mensagens”, destaca o Viber na descrição oficial do aplicativo.

Também está disponível a verificação de duas etapas, além dos já citados chats ocultos por senha e mensagens que são apagadas após um tempo pré-determinado.

Como usar o Viber

Passo 1: baixe o Viber no seu dispositivo Android ou iOS.

Passo 2: toque em “Iniciar agora”.

Agora vamos aprender a como criar uma vonta no Viber. É bem simples e leva apenas alguns segundos (Captura de tela: Caio Carvalho/Canaltech)
Agora vamos aprender a como criar uma vonta no Viber. É bem simples e leva apenas alguns segundos (Captura de tela: Caio Carvalho/Canaltech)

Passo 3: selecione o país e insira seu número de telefone, incluindo o DDD. Depois, toque em “Continuar”.

Informe o número de telefone que será vinculado à sua conta no Viber. O procedimento é o mesmo usado na hora de inscrever em outros mensageiros (Captura de tela: Caio Carvalho/Canaltech)
Informe o número de telefone que será vinculado à sua conta no Viber. O procedimento é o mesmo usado na hora de inscrever em outros mensageiros (Captura de tela: Caio Carvalho/Canaltech)

Passo 4: confirme seu número de telefone em “Sim”.

Confirme o número de telefone informado anteriormente (Captura de tela: Caio Carvalho/Canaltech)
Confirme o número de telefone informado anteriormente (Captura de tela: Caio Carvalho/Canaltech)

Passo 5: informe o código de 6 dígitos enviado via SMS para o seu celular. Isso vai confirmar sua identidade no aplicativo.

Você receberá um SMS com um código de segruança. Se o código não chegar, você tem a opção de reenviar uma nova mensagem de texto ou receber uma ligação do Viber informando um novo código (Captura de tela: Caio Carvalho/Canaltech)
Você receberá um SMS com um código de segruança. Se o código não chegar, você tem a opção de reenviar uma nova mensagem de texto ou receber uma ligação do Viber informando um novo código (Captura de tela: Caio Carvalho/Canaltech)

Passo 6: na tela seguinte, crie sua conta usando um nome, data de nascimento e e-mail. Toque em “Concluído”, no canto superior direito.

Na tela de criação do perfil, coloque seu nome, data de nascimento e e-mail (Captura de tela: Caio Carvalho/Canaltech)
Na tela de criação do perfil, coloque seu nome, data de nascimento e e-mail (Captura de tela: Caio Carvalho/Canaltech)

Passo 7: esta será a tela inicial da sua conta no Viber. Por padrão, o aplicativo exibe a seção “Minhas notas”, para você já começar a fazer anotações.

Logo ao iniciar o Viber pela primeira vez, você verá a aba dedicada às notas. Ela não é obrigatória e pode ser removida da tela incial a qualquer momento (Captura de tela: Caio Carvalho/Canaltech)
Logo ao iniciar o Viber pela primeira vez, você verá a aba dedicada às notas. Ela não é obrigatória e pode ser removida da tela incial a qualquer momento (Captura de tela: Caio Carvalho/Canaltech)

Passo 8: as notas do Viber também podem ser usadas para você conhecer melhor um pouco os principais recursos, simulando a janela das conversas no aplicativo.

As anotações podem ajudar você a organizar tarefas do dia a dia, como também criar lembretes de atividades importantes (Captura de tela: Caio Carvalho/Canaltech)
As anotações podem ajudar você a organizar tarefas do dia a dia, como também criar lembretes de atividades importantes (Captura de tela: Caio Carvalho/Canaltech)

Passo 9: na parte inferior, ficam os comandos mais usados. Da esquerda para à direita, temos as abas de adesivos (com o ícone de um ursinho), enviar imagens e vídeos, câmera, GIFs e arquivos.

Estes são os botões que concentram os principais comandos do Viber (Captura de tela: Caio Carvalho/Canaltech)
Estes são os botões que concentram os principais comandos do Viber (Captura de tela: Caio Carvalho/Canaltech)

Passo 10: usando o ícone de três pontinhos, você abre mais duas opções para compartilhar contato ou local.

Para compartilhar um contato ou sua localização atual, utilize o menu escondido no ícone de três pontinhos (Captura de tela: Caio Carvalho/Canaltech)
Para compartilhar um contato ou sua localização atual, utilize o menu escondido no ícone de três pontinhos (Captura de tela: Caio Carvalho/Canaltech)

Passo 11: bem à direita, nessa mesma lista de comandos, ficam os botões para iniciar uma nova chamada de vídeo ou enviar uma mensagem de voz. Basta tocar e puxar para o lado para alternar entre eles.

Alterne entre os botões de microfone e vídeo para gravar mensagens de voz ou iniciar uma videochamada, respectivamente (Captura de tela: Caio Carvalho/Canaltech)
Alterne entre os botões de microfone e vídeo para gravar mensagens de voz ou iniciar uma videochamada, respectivamente (Captura de tela: Caio Carvalho/Canaltech)

Passo 12: voltando para a tela inicial, a seção “Chamadas" exibe os seus contatos cadastrados no Viber. Também é possível adicionar um novo contato usando o botão que fica no canto superior esquerdo da tela.

A adição de novos contatos é feita pela aba "Chamadas". É por ela que você também encontra pessoas já adicionadas à sua conta do Viber (Captura de tela: Caio Carvalho/Canaltech)
A adição de novos contatos é feita pela aba "Chamadas". É por ela que você também encontra pessoas já adicionadas à sua conta do Viber (Captura de tela: Caio Carvalho/Canaltech)

Passo 13: em “Mais”, na tela inicial, você acessa as configurações do seu perfil, podendo alterar opções relacionadas à privacidade, notificações, chamadas e mensagens, e mídia.

O Viber oferece opções personalizadas para você mudar configurações referentes a notificações, privacidade, entre outras (Captura de tela: Caio Carvalho/Canaltech)
O Viber oferece opções personalizadas para você mudar configurações referentes a notificações, privacidade, entre outras (Captura de tela: Caio Carvalho/Canaltech)

Passo 14: dentro da opção "Configurações", tem até uma função para alterar a aparência do Viber no seu celular, incluindo o tema das cores do aplicativo (roxo, azul escuro ou preto) e o plano de fundo das conversas.

Se preferir, você pode mudar a cor padrão do Viber para azul escuro ou preto, como também modificar o plano de fundo das conversas no app (Captura de tela: Caio Carvalho/Canaltech)
Se preferir, você pode mudar a cor padrão do Viber para azul escuro ou preto, como também modificar o plano de fundo das conversas no app (Captura de tela: Caio Carvalho/Canaltech)

Passo 15: o Viber Out pode ser acessado pela opção “Mais”. Lá, você também verá os planos e valores disponíveis de acordo com os países de origem e destino das ligações.

O Viber Out é uma modalidade opcional e com preços variados dependendo do país que você mais faz ligações (Captura de tela: Caio Carvalho/Canaltech)
O Viber Out é uma modalidade opcional e com preços variados dependendo do país que você mais faz ligações (Captura de tela: Caio Carvalho/Canaltech)

Passo 16: para pesquisar por canais e comunidades, vá na tela inicial e desça a página até que a barra de pesquisa apareça na parte superior.

Quer precisar alguma comunidade ou perfil público? É só usar a barra de buscas na tela inicial (Captura de tela: Caio Carvalho/Canaltech)
Quer precisar alguma comunidade ou perfil público? É só usar a barra de buscas na tela inicial (Captura de tela: Caio Carvalho/Canaltech)

Passo 17: encontre os Perfis Públicos que deseja acompanhar e ingresse na comunidade para receber as últimas informações daquele canal.

Lembre-se que as comunidades não permitem que você envie mensagens ou fale com outros usuários, servindo apenas como uma central de informações e notícias sobre um determinado assunto (Captura de tela: Caio Carvalho/Canaltech)
Lembre-se que as comunidades não permitem que você envie mensagens ou fale com outros usuários, servindo apenas como uma central de informações e notícias sobre um determinado assunto (Captura de tela: Caio Carvalho/Canaltech)

Viber: vale a pena?

Como você viu, o Viber é um aplicativo tão completo quanto seus principais rivais, como WhatsApp, Telegrama e Signal. Pode ser que ele tenha alguns recursos que ainda merecem um pouco mais de polimento, como é o caso dos grupos e da interface que às vezes mostra anúncios indesejados.

Em contrapartida, o Viber pode ser uma alternativa para quem quer fugir de aplicativos mais óbvios e usados por milhões de pessoas. Não que o Viber não seja assim, mas é provável que a maioria das pessoas dos seus círculos prefiram usar o que já está em alta. E por ser multiplataforma, o Viber pode ser usado em praticamente qualquer dispositivo.

Além disso, o recurso Viber Out chega como uma solução a mais para quem ainda não desapegou de ligações telefônicas, sejam elas para dentro e fora do Brasil. Os preços são um pouco mais em conta do que uma linha telefônica fixa. No mais, se você só usa esse tipo de aplicativo para enviar mensagens, saiba que o Viber não deixa a desejar.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos