Mercado fechado
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,45 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,09 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,22
    -0,28 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.782,10
    +21,40 (+1,22%)
     
  • BTC-USD

    48.005,16
    -7.106,00 (-12,89%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.367,14
    -74,62 (-5,18%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,71 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    -6,89 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    23.766,69
    -22,24 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    28.029,57
    +276,20 (+1,00%)
     
  • NASDAQ

    15.687,50
    -301,00 (-1,88%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3953
    +0,0151 (+0,24%)
     

O que é cross-play?

·3 min de leitura

No mundo dos videogames, o cross-play tem se popularizado graças à abertura das plataformas para que todos os jogadores compartilhem a experiência em modos cooperativos e multiplayer. Dessa forma, quem joga nos celulares, computadores ou consoles de diferentes marcas podem aproveitar juntos jogos como Minecraft, Fall Guys, Dead By Daylight, Among Us, Destiny 2 (veja aqui como habilitar), Genshin Impact, Apex Legends, Rocket League e tantos outros games online.

Também conhecido como "cross-platform" ou jogabilidade multiplataforma, o crossplay o pode ser limitado a consoles de uma mesma marca (entre PlayStation 4 e PlayStation 5 ou Xbox One, Xbox Series X e Series S, por exemplo) ou totalmente liberado para as plataformas que o game em questão está disponível, incluindo PC, Nintendo Switch e dispositivos móveis.

De forma geral, para aproveitar o cross-play, basta ter uma conta no site do estúdio responsável ou associar o login da plataforma em que você joga com os servidores do game. É o que acontece com a Blizzard no caso de Overwatch, Electronic Arts com Apex Legends, Epic Games com Fortnite e Ubisoft com Rainbow Six. Cada jogo conta com sua particularidade.

Em alguns casos, o cross-play vai além da opção de jogar com desconhecidos e amigos de outras plataformas. Em Call of Duty: Warzone, por exemplo, a Activision permite que os jogadores do PC joguem no mesmo servidor que o dos consoles, criando o embate entre mouse e teclado contra o controle.

Associação entre contas nos servidores da Ubisoft (Imagem: Reprodução/Ubisoft)
Associação entre contas nos servidores da Ubisoft (Imagem: Reprodução/Ubisoft)

Caso o jogador queira uma experiência apenas com pessoas da mesma plataforma, é possível desabilitar esse tipo de recurso na parte das configurações em áreas como “gameplay”, “conta” e semelhantes. Assim, de certa forma, o jogo fica mais “equilibrado” por colocar os jogadores em uma situação mais igual.

Momentos importantes

Com direito até à título no Guinness Book de 2008, o livro dos recordes, Final Fantasy XI foi o precursor de tudo, sendo o primeiro RPG online com cross-play. O jogo de 2002 da Square Enix permitia que jogadores do PC, PlayStation 2 e Xbox 360 aproveitassem juntos. Com isso, o game conseguiu chegar a marca de 200 mil a 300 mil jogadores em um único dia, o que era muito para a época.

Gameplay de FF XI (Imagem: Divulgação/Square Enix)
Gameplay de FF XI (Imagem: Divulgação/Square Enix)

Já em 2018, Fortnite bagunçou um pouco essa discussão, pois a proposta era misturar os jogadores de todas as plataformas em que estava disponível. Na época, a Sony foi mais relutante em entrar na brincadeira, mas depois de muito apelo do mercado e do público, eles liberaram a função. Assim, o jogo da Epic Games foi o primeiro a unir os gamers de Android, iOS, PC (Windows e Mac), PlayStation 4, Nintendo Switch e Xbox One.

Cross-save

Outro termo relacionado é o salvamento cruzado, que tem foco no compartilhamento de progresso entre plataformas. Por exemplo, você começa a jogar Far Cry 6 no Xbox One, vai até metade do game e salva tudo que fez através dos servidores na Ubisoft. Supondo que você compre um PlayStation 5 e queira continuar a aventura por Yara de onde parou, basta baixar o save direto dos serviços da empresa francesa para o novo videogame.

Assim como o cross-play, a disponibilização do cross-save é uma decisão que depende totalmente dos estúdios responsáveis pelos jogos e também das fabricantes de cada plataforma ou loja digital.

Com informações de Kotaku, Guinness World Records, Entertainment IE, Ubisoft.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos