Mercado fechado
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,99 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,15
    -10,24 (-13,06%)
     
  • OURO

    1.788,10
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    54.733,06
    +363,90 (+0,67%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.365,60
    -89,82 (-6,17%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,04 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    24.080,52
    -659,64 (-2,67%)
     
  • NIKKEI

    28.751,62
    -747,66 (-2,53%)
     
  • NASDAQ

    16.051,00
    -315,00 (-1,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3485
    +0,1103 (+1,77%)
     

O que é aquela fisgada na lateral da barriga? Por que elas acontecem?

·2 min de leitura

Sabe quando você precisa correr, tendo se preparado para isso ou não, e no meio do processo, enquanto tudo parecia muito bem, começa a sentir uma dor esquisita na lateral do abdômen? Esse incômodo, que também é descrito como uma "fisgada" ou "facada", está longe de ser um sintoma raro. Mas você sabe por que isso acontece?

De acordo com a ciência, o incômodo é chamado de dor abdominal transitória relacionada ao exercício, ou simplesmente dor no flanco, e cerca de dois terços dos corredores experienciam o desconforto. Não existe uma medicação para a dor, nem uma forma certeira de preveni-la, pois ainda não se sabe qual é o mecanismo que a produz.

<em>Imagem: Reprodução/Freepik</em>
Imagem: Reprodução/Freepik

O que se sabe sobre a fisgada na barriga

Essas soluções não existem porque, mesmo a dor no flanco sendo algo comum, os pesquisadores ainda não se aprofundaram o suficiente no tema. De acordo com os poucos estudos que existem sobre o assunto, a dor é mais comum em pessoas jovens, com os casos reduzindo conforme a pessoa vai ficando mais velha.

Além disso, o desconforto é mais comum durante a realização de atividades em que a parte superior do corpo se torce, como natação, corrida e o simples fato de andar a cavalo. Atletas de todos os níveis sentem as pontadas na lateral do abdômen, ainda que aconteça menos em atletas de elite. Os estudos mostram ainda que muitos dos atletas dizem que a dor é desencadeada pela ingestão de comida ou bebida.

Em laboratório, os cientistas comprovaram a afirmação, revelando que a ingestão de líquidos com altas concentrações de açúcar trazem mais chances de provocar pontadas mais dolorosas em comparação com bebidas com pouco ou nada de açúcar. Outros pontos foram levados em conta na hora dos testes, como o índice de massa corporal (IMC), tipo de corpo e gênero, mas não houve nenhuma associação à frequência ou gravidade da fisgada.

<em>Imagem: Reprodução/cookie_studio/Freepik</em>
Imagem: Reprodução/cookie_studio/Freepik

Outra questão que pode ser um gatilho para as dores é o movimento brusco feito durante os exercícios, pois ele pode exercer pressão nos ligamentos do abdômen responsáveis por manter os órgãos no lugar. A má postura também pode estar relacionada à dor no flanco, assim como fricção ou irritação no tecido da parede abdominal.

Um dos motivos para a dor no flanco ser tão misteriosa é que cada pessoa pode experienciar um caso diferente, um com dor na lateral direita e outro na esquerda. É normal que quando a pessoa interrompa a atividade a dor pare, mas caso isso não aconteça ou ainda haja a piora, é melhor procurar um médico para descartar qualquer outro problema gastrointestinal.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos