Mercado fechado

Pod Assistir #27: 'O Poço', da Netflix, traz crítica social embalada em nojeira

O Poço. Foto: Reprodução/Imdb

Se existe um filme que é capaz de deixar as pessoas chocadas mesmo em tempos de pandemia, esse filme é “O poço”. O longa espanhol, lançado lá fora em 2019, conta com uma estreia arrebatadora de Galder Gaztelu-Urrutia como diretor e chegou agora no streaming da Netflix.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

E nos siga no Google News: Yahoo Notícias | Yahoo Finanças | Yahoo Esportes | Yahoo Vida e Estilo

Na trama, em um futuro distópico com escassez de produtos, os cidadãos podem se aplicar para o poço, uma cadeia subterrânea vertical onde o voluntário (ou criminoso) passa um determinado tempo para conseguir algum prêmio ou a liberdade. Na esperança de ganhar um certificado, Goreng (Ivan Massagué) se candidata para uma vaga na prisão e logo acorda desnorteado no nível 48.

Leia também

Lá ele descobre que dentro do poço, uma plataforma de comida para em cada nível por dois minutos. O que significa que raramente pessoas de níveis mais baixos conseguem se alimentar. E a luta pela sobrevivência se torna se torna cada dia mais doentia. Assim, nada melhor do que falar sobre o filme no novo episódio do Pod Assistir, né? Vem ouvir:


O que indicamos neste episódio

Marcela (@_marcelazanetti)

Nós (Telecine Play - 2019)

No segundo hit do diretor Jordan Peele, Adelaide (Lupita Nyong’O) e Gabe (Winstons Duke) levam a família para um fim de semana na praia para se desligar da vida urbana, mas a chegada de um grupo misterioso vira tudo de ponta cabeça e a família se torna refém de seu próprio alter-ego

Erik

A Casa que Jack Construiu (Telecine Play - 2018)

O filme do polêmico cineasta Lars Von Trier mostra a trajetória de Jack, que durante 12 anos desenvolveu suas habilidades e manias de serial killer. Ele também tem uma fixação por construir uma casa do zero, mas acaba percebendo que sua obra final são justamente suas mortes.