Mercado abrirá em 9 h 5 min
  • BOVESPA

    120.636,39
    -605,24 (-0,50%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.495,41
    -962,61 (-2,07%)
     
  • PETROLEO CRU

    53,36
    +0,38 (+0,72%)
     
  • OURO

    1.848,40
    +8,20 (+0,45%)
     
  • BTC-USD

    35.997,29
    -237,95 (-0,66%)
     
  • CMC Crypto 200

    714,93
    -0,26 (-0,04%)
     
  • S&P500

    3.798,91
    +30,66 (+0,81%)
     
  • DOW JONES

    30.930,52
    +116,26 (+0,38%)
     
  • FTSE

    6.712,95
    -7,70 (-0,11%)
     
  • HANG SENG

    29.911,44
    +269,16 (+0,91%)
     
  • NIKKEI

    28.504,38
    -129,08 (-0,45%)
     
  • NASDAQ

    13.045,25
    +59,75 (+0,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5065
    +0,0079 (+0,12%)
     

O novo plano de ajuda econômica americano em detalhes

Julie CHABANAS
·3 minuto de leitura
Detalhes do plano de estímulo elaborado pelo Congresso americano

Os 900 bilhões de dólares do plano de ajuda à economia dos Estados Unidos serão desbloqueados, depois que o presidente Donald Trump ratificou o texto ontem, após uma semana de idas e vindas. Seguem abaixo detalhes do dispositivo:

- Lares -

Os lares mais pobres receberão um cheque de 600 dólares por adulto e por criança, sujeito à renda (até 75 mil dólares anuais por pessoa ou 150 mil para um casal), no total de 166 bilhões.

O pagamento do auxílio-desemprego será prorrogado até 14 de março e irá incluir novamente os trabalhadores que habitualmente não podem solicitá-lo, em particular motoristas e entregadores informais. Essas medidas foram aprovadas no fim de março e expiraram no último dia 26.

Outra medida, que venceu no fim de julho, foi restabelecida: o pagamento de 300 dólares adicionais por semana para todos os desempregados. A cifra, no entanto, é 50% inferior à concedida entre abril e julho.

Foram suspensos os despejos de inquilinos que não puderem pagar o aluguel até o fim de janeiro, e estão previstos cerca de 25 bilhões de dólares para empréstimos bancários a comunidades locais, de forma que ajudem os inquilinos a pagar as contas.

- Infância e educação -

Apesar de as aulas continuarem sendo virtuais para a maioria dos estudantes americanos, pelo menos em parte da semana, serão liberados 82 bilhões de dólares para permitir que as escolas públicas e privadas se preparem para receber de volta seus estudantes, garantindo, ao mesmo tempo a segurança dos mesmos e a dos professores.

Também está previsto um orçamento de pouco mais de 10 bilhões de dólares para creches e outros estabelecimentos que acolhem crianças menores. As carentes serão atendidas por um programa de ajuda especial, que inclui sua alimentação.

- Luta contra a Covid-19 -

O texto prevê um pouco mais de 55 bilhões de dólares para financiar testes e o rastreio do novo coronavírus, mas também para acelerar a vacinação e dar continuidade à pesquisa por meio de vários programas.

- Empresas -

Será destinado um total de 325 bilhões de dólares às pequenas e médias empresas (conhecidas como PPP), uma medida emblemática do primeiro plano de recuperação, lançado na primavera local. A medida compreende as empresas com até 300 funcionários cujo faturamento tenha caído pelo menos 25% durante um trimestre de 2020 em comparação com o mesmo período de 2019.

Uma ajuda de 16 bilhões de dólares visa a salvar dezenas de milhares de postos de trabalho em companhias aéreas e subcontratadas, e outra, de 2 bilhões, os aeroportos.

Para dar continuidade à manutenção das estradas, apesar da queda nas receitas devido à pandemia, autoridades estaduais e locais receberão um total de 10 bilhões de dólares. Serão destinados outros 15 bilhões ao transporte ferroviário e às redes de ônibus e metrô, que viram a venda de passagens cair a partir de março.

Muito castigados pela pandemia, cinemas, salas de espetáculos, instituições culturais independentes e teatros serão beneficiados com 15 bilhões de dólares. Outros 10 bilhões serão destinados a apoiar a empresa de correio americana, USPS, cuja dificuldade financeira é antiga e foi agravada pela pandemia e a campanha eleitoral.

jul/lo/dax/gm/lb