Mercado fechado
  • BOVESPA

    115.667,78
    +440,32 (+0,38%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.151,38
    -116,95 (-0,26%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,57
    +0,35 (+0,55%)
     
  • OURO

    1.803,00
    +5,10 (+0,28%)
     
  • BTC-USD

    49.602,49
    +1.474,81 (+3,06%)
     
  • CMC Crypto 200

    979,60
    -35,32 (-3,48%)
     
  • S&P500

    3.925,43
    +44,06 (+1,14%)
     
  • DOW JONES

    31.961,86
    +424,51 (+1,35%)
     
  • FTSE

    6.658,97
    +33,03 (+0,50%)
     
  • HANG SENG

    29.718,24
    -914,40 (-2,99%)
     
  • NIKKEI

    29.671,70
    -484,33 (-1,61%)
     
  • NASDAQ

    13.321,25
    +19,25 (+0,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5801
    -0,0304 (-0,46%)
     

O novo negócio da Uber: entrega de bebida alcóolica

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
Uber: agora no negócio do álcool. (Foto: Beata Zawrzel/NurPhoto via Getty Images)
Uber: agora no negócio do álcool. (Foto: Beata Zawrzel/NurPhoto via Getty Images)

A Uber, empresa que produz um dos mais populares apps de transporte e de entrega de alimentos do mundo, baseada nos Estados Unidos, anunciou a aquisição de uma startup especializada na entrega de bebidas alcóolicas.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

O anúncio da aquisição da Drizly foi feito em conjunto pelas suas empresas, nesta terça-feira (2).

Leia também:

O valor anunciado da transação foi de R$ 5,89 bilhões. As informações são de reportagem do jornal Washington Post, com informações das duas empresas.

Por enquanto, o negócio contempla apenas o território dos Estados Unidos. O negócio da Drizly foi descrita como “o marketplace líder em álcool nos Estados Unidos”.

Segundo analistas, o movimento é mais um esforço da Uber no sentido de diversificar suas fontes de renda, em um contexto em que a pandemia do novo coronavírus atingiram a rentabilidade do seu negócio de transporte por aplicativo.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube