Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.487,88
    +1.482,66 (+1,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.518,30
    +228,39 (+0,45%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,35
    +0,46 (+0,42%)
     
  • OURO

    1.845,10
    +3,90 (+0,21%)
     
  • BTC-USD

    29.456,65
    +611,90 (+2,12%)
     
  • CMC Crypto 200

    650,34
    -23,03 (-3,42%)
     
  • S&P500

    3.901,36
    +0,57 (+0,01%)
     
  • DOW JONES

    31.261,90
    +8,77 (+0,03%)
     
  • FTSE

    7.389,98
    +87,24 (+1,19%)
     
  • HANG SENG

    20.717,24
    +596,56 (+2,96%)
     
  • NIKKEI

    26.739,03
    +336,19 (+1,27%)
     
  • NASDAQ

    11.838,00
    -40,25 (-0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1528
    -0,0660 (-1,26%)
     

O mistério de US$ 21 bilhões de Musk: onde está o dinheiro?

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

(Bloomberg) -- Elon Musk e o Twitter chegaram a um acordo para o homem mais rico do mundo comprar a plataforma de rede social por US$ 44 bilhões, após resolverem se o conselho da empresa consentiria com a aquisição alavancada.

Do lado de Musk, porém, resta um mistério: como ele vai cobrir a parcela de US$ 21 bilhões da transação que ele garantiu pessoalmente?

Musk detalhou os US$ 13 bilhões em financiamento bancário que será garantido pela empresa de mídia social e os US$ 12,5 bilhões respaldados por parte de sua participação de US$ 170 bilhões na Tesla. Mas ele não deu detalhes sobre como financiará o restante.

As ações do Twitter fecharam na segunda-feira a US$ 51,70, abaixo dos US$ 54,20 que os investidores receberão por cada ação que possuem. O acordo inclui uma cláusula de que o bilionário deve pagar uma multa se ele desistir ou o acordo desmoronar, segundo a Bloomberg News relatou.

Em última análise, há pouca dúvida de que ele pode conseguir o dinheiro. Musk é a pessoa mais rica do mundo, com uma fortuna de US$ 257 bilhões, segundo o Bloomberg Billionaires Index. No entanto, ele tem apenas cerca de US$ 3 bilhões em caixa e ativos líquidos, de acordo com estimativas da Bloomberg.

Isso o deixa com as seguintes opções:

Outros investidores

Um caminho para Musk é encontrar investidores que acreditem em sua visão para o Twitter. Isso significaria que parte do capital ficaria com acionistas novos ou existentes.

Ele já deu a entender que isso é uma possibilidade. Após sua oferta inicial de compra do Twitter, Musk disse que “a intenção é reter o maior número de acionistas permitido por lei”.

Acionistas maiores, como o fundador do Twitter Jack Dorsey, podem optar por manter suas participações na empresa. A participação de Dorsey vale quase US$ 1 bilhão. A Bloomberg relatou segunda-feira que Musk está reunindo parceiros e conversando com outros possíveis investidores.

Venda de ações

Mesmo que Musk não consiga reunir muitos outros investidores, ele tem o poder de fogo financeiro para fazer isso sozinho, graças à joia da coroa de sua enorme fortuna: sua participação na Tesla.

Depois de usar ações para lastrear seu empréstimo de US$ 12,5 bilhões, Musk ainda terá ações da montadora não atreladas ao financiamento no valor de cerca de US$ 21,6 bilhões, com base no preço de fechamento da Tesla na segunda-feira. Após impostos, a venda dessa participação chegaria perto de cobrir todo o seu compromisso, embora dependa do preço que ele obteria pelas ações.

Dinheiro e Criptomoedas

A outra possibilidade: Musk é ainda mais rico do que o calculado pelo Bloomberg Billionaires Index.

A estimativa de caixa de Musk é baseada em registros relacionados a ações negociadas publicamente e reportagens, mas muitas das informações sobre suas finanças privadas são limitadas. Se seu portfólio de investimentos superou o mercado, por exemplo, Musk pode ser mais rico do que a estimativa da Bloomberg e ele pode não precisar de novas fontes de financiamento para cobrir os US$ 21 bilhões.

Musk disse em julho que possuía Bitcoin, Ether e Dogecoin. Embora não esteja claro quanto ele detém ou por quanto tempo ele as possui, as duas primeiras criptomoedas ganharam cerca de 720% e 2.600%, respectivamente, desde março de 2020, um rali muito mais acentuado do que o avanço de cerca de 90% no índice S&P 500.

O Dogecoin disparou quase 30% na segunda-feira, depois que Musk concordou em comprar o Twitter.

More stories like this are available on bloomberg.com

©2022 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos