Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.064,36
    +1.782,08 (+1,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.464,27
    +125,93 (+0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,24
    -0,06 (-0,08%)
     
  • OURO

    1.743,40
    -6,40 (-0,37%)
     
  • BTC-USD

    44.812,22
    +1.350,72 (+3,11%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.119,18
    +10,26 (+0,92%)
     
  • S&P500

    4.448,98
    +53,34 (+1,21%)
     
  • DOW JONES

    34.764,82
    +506,50 (+1,48%)
     
  • FTSE

    7.078,35
    -5,02 (-0,07%)
     
  • HANG SENG

    24.510,98
    +289,44 (+1,19%)
     
  • NIKKEI

    29.639,40
    -200,31 (-0,67%)
     
  • NASDAQ

    15.298,50
    -5,00 (-0,03%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2260
    +0,0172 (+0,28%)
     

O microfone do seu notebook não funciona? Saiba como solucionar

·5 minuto de leitura

Com a popularização cada vez maior de chamadas online por vídeo ou somente áudio, torna-se mais importante um bom funcionamento de dispositivos de captura de som, seja para reuniões empresariais, uma jogatina com amigos ou outros tipos de comunicação.

Se o microfone do notebook não está funcionando, algumas ações simples podem resolver o problema sem muita dor de cabeça. Dependendo do problema, intervenções diferentes podem ser feitas para que o som volte a ser captado. E, pensando nisso, o Canaltech separou algumas dicas simples que podem finalmente te fazer ser ouvido sem precisar apelar para o smartphone ou pedir o computador do coleguinha emprestado.

Vale notar que separamos as dicas usando o Windows 10 como sistema operacional, então outras versões do sistema ou mesmo outros sistemas podem ter passos diferentes.

Verificar entradas e dispositivos

(Imagem: NotebookCheck.net)
(Imagem: NotebookCheck.net)

Caso um dispositivo externo esteja sendo utilizado, o primeiro passo é verificar que as conexões estejam funcionando normalmente, seja em uma entrada P2 ou USB. A melhor forma de ter certeza que o problema está no dispositivo, e não na conexão, é simplesmente testar outros acessórios compatíveis com a entrada. Além disso, pode-se fazer o caminho inverso, ou seja, observar se o microfone funciona em outro notebook.

É uma solução simples, mas caso o problema seja resolvido com esse método, é possível evitar configurações internas desnecessárias no Windows.

Ver e editar permissões de acesso

Caso as entradas já tenham sido checadas, ou mesmo se o problema for no microfone interno do notebook, é possível que os programas e aplicativos utilizados estejam bloqueando o acesso ao microfone. Por isso, é preciso verificar primeiro se tudo o que você precisa está devidamente habilitado para acessar o microfone, seja o navegador por onde faz as chamadas, o jogo ou o próprio sistema.

Google Chrome

Para verificar o estado das permissões do navegador, primeiramente é preciso abrir as configurações, por meio do comando no canto superior direito.

(Imagem: Vinícius Moschen/Canaltech)
(Imagem: Vinícius Moschen/Canaltech)

Dentro da página de configurações, selecione Privacidade e segurança na lista à esquerda, depois basta rolar o menu para baixo até a seção que diz “Configurações do site”.

(Imagem: Vinícius Moschen/Canaltech)
(Imagem: Vinícius Moschen/Canaltech)

Na próxima tela, basta encontrar a seção “Permissões” e clicar em “Microfone”.

(Imagem: Vinícius Moschen/Canaltech)
(Imagem: Vinícius Moschen/Canaltech)

Na tela seguinte, é possível alterar o dispositivo padrão de microfone, assim como escolher se os sites podem pedir autorização para utilizá-lo ou se o bloqueio acontecerá automaticamente:

(Imagem: Vinícius Moschen/Canaltech)
(Imagem: Vinícius Moschen/Canaltech)

Mozilla Firefox

O caminho para encontrar as configurações sobre permissões de dispositivos é similar ao Google Chrome, com algumas pequenas distinções. Aqui, também é necessário entrar no menu de configurações pelo canto superior direito.

(Imagem: Vinícius Moschen/Canaltech)
(Imagem: Vinícius Moschen/Canaltech)

Em seguida, basta selecionar “Privacidade e Segurança” na lista à esquerda, e então encontrar as permissões de microfone. Clique em “Configurações...” para avançar.

(Imagem: Vinícius Moschen/Canaltech)
(Imagem: Vinícius Moschen/Canaltech)

Na sequência, uma janela se abrirá com a lista de todos os sites que já pediram permissão para usar o microfone. É possível alterar as permissões de cada um separadamente.

(Imagem: Vinícius Moschen/Canaltech)
(Imagem: Vinícius Moschen/Canaltech)

Microsoft Edge

O processo no navegador da Microsoft é bastante similar, e mais uma vez é preciso entrar nas configurações a partir do canto superior direito da tela.

(Imagem: Vinícius Moschen/Canaltech)
(Imagem: Vinícius Moschen/Canaltech)

Na página principal de configurações, basta selecionar “Cookies e permissões de site” no canto esquerdo, e “Microfone” na lista de permissões aplicadas.

(Imagem: Vinícius Moschen/Canaltech)
(Imagem: Vinícius Moschen/Canaltech)

É possível definir se o navegador pedirá autorização para uso do microfone ou se bloqueará automaticamente, assim como definir listas de sites que obtém a permissão ou que serão proibidos de captar sons.

(Imagem: Vinícius Moschen/Canaltech)
(Imagem: Vinícius Moschen/Canaltech)

Windows

Se outro programa estiver sendo utilizado, pode ser útil verificar as permissões do próprio Windows. Para isso, basta abrir o menu iniciar e a partir dele selecionar o menu de configurações.

(Imagem: Vinícius Moschen/Canaltech)
(Imagem: Vinícius Moschen/Canaltech)

Na sequência, é preciso clicar em “Privacidade”.

(Imagem: Vinícius Moschen/Canaltech)
(Imagem: Vinícius Moschen/Canaltech)

Dentro das configurações de privacidade, basta acessar a aba “Microfone”, no canto esquerdo da tela. Lá, é possível alterar os diferentes níveis de permissão que o Windows terá dos microfones do dispositivo. A primeira seção permite que o bloqueio aconteça por completo, e mais abaixo aparecem as opções de programas individualmente, tanto da área de trabalho quanto dos aplicativos baixados da Microsoft Store.

(Imagem: Vinícius Moschen/Canaltech)
(Imagem: Vinícius Moschen/Canaltech)

Atualizar drivers

Caso o problema não seja relacionado às permissões dos programas e aplicativos, uma solução pode ser atualizar os drivers de áudio. O processo é feito via Painel de Controle do Windows, basta pesquisar por “Gerenciador de Dispositivos” na barra de buscas do sistema e selecionar a primeira opção.

(Imagem: Vinícius Moschen/Canaltech)
(Imagem: Vinícius Moschen/Canaltech)

O Windows deve abrir uma janela com diversos dispositivos que o seu computador usa. O microfone aparecerá dentro da opção “Entradas e saídas de áudio”.

(Imagem: Vinícius Moschen/Canaltech)
(Imagem: Vinícius Moschen/Canaltech)

Em seguida, um clique com o botão direito do mouse abrirá um menu em que a primeira opção é a de atualizar driver.

(Imagem: Vinícius Moschen/Canaltech)
(Imagem: Vinícius Moschen/Canaltech)

Uma nova janela se abrirá, com a possibilidade de pesquisar drivers automaticamente ou procurar no próprio sistema. Em geral, é mais recomendado deixar o Windows encontrar a versão mais atualizada; mas caso ele não ache, sempre é possível procurar por instaladores de drivers nos sites das fabricantes dos dispositivos.

(Imagem: Vinícius Moschen/Canaltech)
(Imagem: Vinícius Moschen/Canaltech)

Reinstalar drivers

Caso o Windows não tenha conseguido atualizar o driver de áudio, ou mesmo se atualizou e o som ainda não tenha sido captado, pode ser necessário reinstalar o driver por completo.

Porém, antes de começar o processo de desinstalação do driver atual, é interessante já deixar o instalador do driver baixado e preparado para abertura. Os drivers de áudio da Realtek são compatíveis com vários notebooks Windows, mas também é possível encontrar instaladores compatíveis no site das fabricantes, basta procurar pelo modelo específico do seu notebook.

Para desinstalar o driver, o caminho é similar ao processo de atualização: pelo gerenciador de tarefas, selecione o microfone dentro da seção “Entradas e saídas de áudio”, clique com o botão direito para abrir o menu de opções e selecione “Desinstalar dispositivo”.

(Imagem: Vinícius Moschen/Canaltech)
(Imagem: Vinícius Moschen/Canaltech)

O executável de instalação do driver novo pode ser diferente dependendo da fornecedora do driver, mas em geral é só seguir as instruções do aplicativo e lembrar de reiniciar o notebook ao final do processo.

(Imagem: YouTube/ComputerSluggish Tutorials)
(Imagem: YouTube/ComputerSluggish Tutorials)

Com a reinstalação concluída, basta fazer novamente os testes com o microfone, e se necessário checar novamente as entradas do dispositivo e permissões de aplicativos e programas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos