Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.264,96
    +859,61 (+0,67%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.315,69
    -3,88 (-0,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,51
    +1,87 (+2,61%)
     
  • OURO

    1.783,50
    +14,50 (+0,82%)
     
  • BTC-USD

    31.672,56
    -4.025,16 (-11,28%)
     
  • CMC Crypto 200

    766,90
    -83,44 (-9,81%)
     
  • S&P500

    4.224,79
    +58,34 (+1,40%)
     
  • DOW JONES

    33.876,97
    +586,89 (+1,76%)
     
  • FTSE

    7.062,29
    +44,82 (+0,64%)
     
  • HANG SENG

    28.489,00
    -312,27 (-1,08%)
     
  • NIKKEI

    28.010,93
    -953,15 (-3,29%)
     
  • NASDAQ

    14.137,50
    +102,50 (+0,73%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9752
    -0,0609 (-1,01%)
     

O Legado de Júpiter | Netflix cancela série e prepara spin-off com vilões

·2 minuto de leitura

Após inúmeras críticas (e muitas piadas), O Legado de Júpiter parece que encontrou seu fim depois de apenas uma temporada, entrando para a lista de canceladas da Netflix. A informação surgiu em um tuíte de Mark Millar, criador da HQ ao lado de Frank Quitley e com quem também ajudou a produzir a série. A plataforma de streaming, no entanto, ainda não fez seu pronunciamento oficial.

Na postagem, o quadrinista anuncia algumas grandes notícias sobre o futuro do “Millarworld” e, no texto anexado através de uma imagem, diz que está “muito orgulhoso com o que foi alcançado pela equipe em O Legado de Júpiter e pelo trabalho incrível que todos fizeram” na primeira temporada, que ele definiu como sendo “de origem”, indicando que as próximas temporadas poderiam trazer um maior desenvolvimento do universo.

Imagem: Reprodução/Netflix
Imagem: Reprodução/Netflix

Após os elogios, ele comenta que tem “sido muito questionado” sobre o que está sendo feito para o universo da série e que “a resposta é ver o que os supervilões estão fazendo. Sempre adorei histórias de crime, de Scorsese e Tarantino, e os supervilões são sempre a parte mais divertida de qualquer história de super-herói". Ele ainda explica que fazer algo focado exclusivamente nos vilões “parece incrivelmente novo” conforme se explora “como é ser um bandido em um mundo cheio de mocinhos que querem colocá-lo na cadeia”.

Millar, então, finalmente explicou qual é o seu próximo projeto e, infelizmente para os fãs da série Netflix, ele não anunciou uma segunda temporada: “O Legado de Júpiter é um espaço vasto e rico com muitos personagens para explorar e estou feliz em compartilhar que nosso próximo passo aqui é uma versão live-action do quadrinho Supercrooks que criei com Leinil Francis Yu há alguns anos”. Com isso, ele terminou o texto como quem se despede do seriado, mas contando com o retorno no futuro:

"Dado para onde vamos a seguir, fizemos a difícil decisão de deixar nosso incrível elenco fora de seu compromisso com a série, enquanto continuamos a desenvolver cuidadosamente todos os reinos da saga O Legado de Júpiter. Estamos confiantes de que voltaremos a isso mais tarde e queremos apenas agradecer a vocês por seu apoio contínuo, e ao elenco e equipe, que fizeram isso parecer tão bom".

Até o momento, não houve confirmação oficial nem do cancelamento, nem do início do spin-off, informações que podem ser confirmadas em breve pela Netflix.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos