Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.801,21
    -1.775,35 (-1,44%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.195,43
    -438,48 (-0,85%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,38
    +0,23 (+0,34%)
     
  • OURO

    1.814,00
    -0,50 (-0,03%)
     
  • BTC-USD

    39.799,30
    +1.357,82 (+3,53%)
     
  • CMC Crypto 200

    981,48
    +54,71 (+5,90%)
     
  • S&P500

    4.402,66
    -20,49 (-0,46%)
     
  • DOW JONES

    34.792,67
    -323,73 (-0,92%)
     
  • FTSE

    7.123,86
    +18,14 (+0,26%)
     
  • HANG SENG

    26.390,01
    -36,54 (-0,14%)
     
  • NIKKEI

    27.657,54
    +73,46 (+0,27%)
     
  • NASDAQ

    15.092,00
    +18,50 (+0,12%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1178
    -0,0005 (-0,01%)
     

O jogo está só começando, diz presidente e fundador do Nubank

·5 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um mês depois de o Nubank ter recebido o aporte de US$ 500 milhões (R$ 2,5 bilhões) da Berkshire Hathaway –fundo do megainvestidor Warren Buffett– e menos de 15 dias após ter anunciado a chegada de Anitta em seu conselho de administração, o presidente e fundador do banco digital, David Vélez, 39, afirma que ainda há muito a ser feito pela instituição.

O empresário diz que os esforços do banco digital devem priorizar a internacionalização, não descarta a possibilidade de um IPO (oferta pública inicial de ações) e afirma continuar buscando oportunidades e parcerias que acrescentem à oferta de soluções da instituição. "Sabemos que um possível IPO do Nubank gera muita expectativa e não negamos que ele deve acontecer em algum momento, mas não é o nosso foco e não temos pressa para isso. Contamos com o apoio de nosso grupo de investidores, que compartilham a visão de longo prazo do nosso negócio", diz.

Ainda segundo o fundador do Nubank, a chegada de Anitta também deve trazer uma grande experiência de marketing internacional para dentro do banco e acelerar processos que identifiquem gargalos e implementem soluções eficientes.

*

Próximos passos

David Vélez, - Nossas ambições são de longo prazo. No momento, nossa prioridade é continuar oferecendo os melhores serviços e produtos aos nossos mais de 40 milhões de clientes no Brasil, Colômbia e México. São regiões com potencial sólido de crescimento e com diferentes graus de maturidade no que diz respeito a serviços bancários digitais, então há muito a fazer.

Público

DV - Há espaço para demandas diferentes e necessidades completamente diferentes dentro do nosso público atual, de 40 milhões de clientes, e também com o público brasileiro, que ainda conta com mais de 50 milhões de desbancarizados. Um exemplo disso é o cartão em que o cliente pode adicionar limite. Pessoas que não têm histórico financeiro podem adicionar limite no cartão e usá-lo como se fosse cartão de crédito.

Atingimos pessoas de todas as faixas de idade e estamos presentes em 100% dos municípios brasileiros. O perfil do nosso cliente, em geral, é pessoas que tinham contas e cartões com outras instituições, mas estavam muito insatisfeitos com o serviço. Mas também fomos a primeira conta ou o primeiro cartão de alguns milhões de pessoas.

Nos primeiros cinco meses de 2021, crescemos em uma média de 45 mil novos clientes por dia. Também observamos um crescimento da adesão de pessoas de mais de 60 anos: mais de 30 mil idosos abriram contas no Nubank nos primeiros meses da quarentena. Entre abril e junho do ano passado, o volume de novos clientes nessa faixa foi 50% maior do que no mesmo período de 2019.

Anitta

DV - Há mais ou menos uma semana tivemos a nossa primeira reunião de conselho com a presença da Anitta e foi extremamente interessante poder contar com o seu expertise. Logo nesse primeiro encontro, ela já trouxe contribuições importantes e valiosas, como a questão de aumento de limite, que nossos clientes sempre pedem. É incrível poder contar com seu profundo conhecimento sobre o comportamento e as dores dos consumidores, nenhum outro membro do nosso conselho atual tem uma experiência tão profunda em marketing internacional.

Já esperávamos que fosse gerar muita repercussão, até por conta da popularidade dela. Para te dar uma ideia, o post do Nubank no Instagram sobre a chegada da Anitta foi o mais curtido desde que nossa página foi criada. Além disso, no dia do anúncio ganhamos mais de 50 mil seguidores nas redes sociais em apenas 24 horas.

Mercado internacional

DV - A chegada da Anitta também [tem valor] por sua experiência em mercados internacionais, em especial o latino-americano. Como empreendedora, a criação da marca global da Anitta é sem dúvida um dos maiores cases de branding já vistos na indústria, e ela liderou esse processo desde o início. Ainda há muito potencial para o Nubank no Brasil, no México e na Colômbia e estamos entusiasmados em contribuir para a desburocratização dos serviços financeiros para os nossos milhões de clientes nessas regiões.

IPO

DV - Sabemos que um possível IPO do Nubank gera muita expectativa e não negamos que ele deve acontecer em algum momento, mas não é o nosso foco e não temos pressa para isso. Contamos com o apoio de nosso grupo de investidores, que compartilham a visão de longo prazo do nosso negócio. Neste momento, estamos satisfeitos com os aportes recentemente anunciados. A última rodada vem, sobretudo, para consolidar o nosso projeto de internacionalização. Já estávamos bastante capitalizados, agora estamos ainda mais, e não só o capital tem um grande valor para o Nubank, mas também o conhecimento estratégico desses investidores que vai nos ajudar a manter o ritmo de crescimento.

Nossas operações no México e na Colômbia têm tido resultados ainda mais rápidos que o crescimento viral que tivemos no Brasil anos atrás. O capital atual será direcionado para continuar aumentando nossa penetração no mercado, fortalecer nossa expansão internacional e permitir mais contratações de talentos globais. No Brasil, já geramos caixa positivo desde 2017, com a operação de alguns serviços, como cartão de crédito.

Aquisições

DV - Estamos sempre buscando oportunidades que possam acrescentar à nossa oferta de soluções, a fim de atender as demandas dos nossos clientes. Neste momento, não temos nenhuma aquisição para comentar.

Lucro

DV - Nosso foco hoje é oferecer serviços simples e eficientes para os nossos clientes. Não buscamos o lucro a qualquer preço. Ainda temos muito potencial de crescimento e inovação, então, não faz sentido parar de reinvestir em crescimento.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos