Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.672,76
    -3.755,42 (-3,28%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.402,73
    -283,30 (-0,54%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,01
    +0,57 (+0,69%)
     
  • OURO

    1.769,40
    +3,70 (+0,21%)
     
  • BTC-USD

    64.170,93
    +2.323,63 (+3,76%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.481,22
    +17,87 (+1,22%)
     
  • S&P500

    4.519,63
    +33,17 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    35.457,31
    +198,70 (+0,56%)
     
  • FTSE

    7.217,53
    +13,70 (+0,19%)
     
  • HANG SENG

    25.787,21
    +377,46 (+1,49%)
     
  • NIKKEI

    29.215,52
    +190,06 (+0,65%)
     
  • NASDAQ

    15.410,75
    +120,25 (+0,79%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4962
    +0,1047 (+1,64%)
     

O gás natural volta a subir, mas a alta é duvidosa.

·2 minuto de leitura

O gás natural já vem subindo desde abril deste ano. O ativo vinha fazendo topos e fundos ascendentes, trabalhando em um canal de alta. Em meados de setembro o gás natural disparou, rompendo o canal no qual vinha trabalhando para cima e alcançando também um novo topo histórico.

Após formar o topo, o ativo recuou até a média móvel de 20 períodos, que coincide também com a linha superior do canal de alta. O preço se segurou no suporte, voltando a subir na sequência.

Indicador de força.

Após tocar a região de suporte, na linha superior do canal, o preço voltou a subir com força. O ativo rompeu o ropo uma vez, recuou, e foi para cima novamente, rompendo o topo mais uma vez. Entretanto, na sequência o preço caiu formando um engolfo de baixa, que é um forte padrão baixista.

Além desta configuração, apontando para uma fraqueza do movimento de alta, outro indicador mostrava que o movimento não era confiável.

O OBV (On Balance Volume) é um indicador que utiliza o volume de negociações para estimar a força do movimento. O cálculo é simples, a cada barra o indicador soma, ou diminui, o volume de negociações, de acordo com o movimento realizado pelo ativo. Para movimentos de alta, o volume é somado. Já para movimentos de baixa, é feita a subtração.

Ao avaliar os topos formados pelo preço do gás natural e os topos formados pelo indicador, encontramos uma divergência.

Esta divergência sugere que o movimento de alta pode estar próximo à exaustão. Outra hipótese é a de que a alta não tenha ocorrido pelo aumento da força compradora, mas sim pela redução da venda. O que explicaria o preço fazer novos topos, mesmo com um menor volume de negócios.

De qualquer forma, o que deve ser observado é que se trata de um cenário instável. Como observado, após tocar a média de 20, o preço voltou a subir ontem com força.

Observando o OBV, é notado que a linha traçada sobre os topos, foi superada. Isto indicaria que o ativo está ganhando força para fazer um novo movimento de alta mais significativo.

Entretanto, apesar da forte movimentação de alta no início do pregão de hoje, o ativo perdeu força e vem caindo ao longo do dia.

Mudança de lado.

Como o preço continua se movimentando enquanto este artigo está sendo escrito, a barra que corresponde ao pregão de hoje segue caindo. Neste momento, por exemplo, a barra passou a ficar negativa, de modo que o OBV apontou novamente para baixo.

Esta movimentação reforça ainda mais que o movimento de alta está perdendo força. A tendência continua sendo de alta, mas os sinais estão mostrando que talvez não seja uma boa hora para comprar o ativo.

This article was originally posted on FX Empire

More From FXEMPIRE:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos