Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.439,37
    -2.354,91 (-2,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.307,71
    -884,62 (-1,69%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,96
    -0,65 (-0,90%)
     
  • OURO

    1.753,90
    -2,80 (-0,16%)
     
  • BTC-USD

    48.622,12
    +1.044,08 (+2,19%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.193,48
    -32,05 (-2,62%)
     
  • S&P500

    4.432,99
    -40,76 (-0,91%)
     
  • DOW JONES

    34.584,88
    -166,44 (-0,48%)
     
  • FTSE

    6.963,64
    -63,84 (-0,91%)
     
  • HANG SENG

    24.920,76
    +252,91 (+1,03%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,71 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.282,75
    -226,75 (-1,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1994
    +0,0146 (+0,24%)
     

O Exorcista da Blumhouse será sequência direta do original de 1973

·3 minuto de leitura

Você já viu O Exorcista? Segundo uma pesquisa feita pela Blumhouse, é bastante possível que você talvez nem tenha ouvido falar desse clássico dos anos 1973. O ano de estreia já deixa claro que ninguém é obrigado a conhecer, embora a raiz precise ser respeitada pela sua importância histórica. E é com esse pensamento no coração que está chegando o reboot da Blumhouse, nos mesmos moldes do que foi feito com a franquia Halloween.

Em entrevista ao Den of Geek, o produtor e presidente da Blumhouse Productions, Jason Blum, divulgou o recente Uma Noite de Crime: A Fronteira e comentou um pouco sobre outros projetos de terror da marca, entre eles O Exorcista. Embora não tenha revelado detalhes da trama ou possíveis membros do elenco, ele deu uma luz sobre o que podemos esperar do novo filme, que não será um reboot ou um remake, mas um provável retcom.

“Será como a sequência de Halloween: A Noite do Terror de David. Acho que vai surpreender e agradar todos os céticos por aí. Havia muitos céticos sobre o Halloween e David mudou a ideia deles, e acho que 'virar cabeças' com O Exorcista,” explicou Blum, fazendo uma sutil menção à icônica cena em que Regan vira a cabeça 180º graus no clássico, criando uma das imagens mais icônicas da história do cinema.

Imagem: Reprodução/Warner Bros.
Imagem: Reprodução/Warner Bros.

Assim como aconteceu com a franquia de John Carpenter, O Exorcista de 1973 é imensamente mais cultuado que suas sequências. Nesse sentido, o filme da Blumhouse deve tomar o original como cânone, ignorando as sequências, prequelas e séries que ampliaram o universo do Pazuzu, e criando uma sequência para o primeiro filme, recontando a história, tornando-se muito mais um retcon, como Halloween (2018), e não um reboot ou remake.

Blum também explicou a motivação para reviver um clássico que, para muitos fãs, é intocável e jamais deveria ganhar um remake: “Eu amo fazer esse tipo de filme, porque as pessoas ficam muito emocionadas com isso”, comentou, indicando o burburinho que sempre surge quando uma obra icônica tem um novo filme anunciado.

O produtor também admite a importância histórica da obra e entende isso como uma dificuldade do que está sendo feito. Para ele, O Exorcista “é um padrão alto e é um desafio fazer o filme”, mas há um motivo para mexer no vespeiro: segundo ele, 95% do público-alvo do novo filme nunca viu ou sequer ouviu falar do original.

Imagem: Captura de Tela/Blumhouse
Imagem: Captura de Tela/Blumhouse

O número pode ser chocante para os fãs, mas é uma demonstração de que o filme se apaga do imaginário popular a cada nova geração, que se afasta cada vez mais daquela dos anos 1970. Quando questionado sobre a porcentagem, o diretor disse que é “chocante, mas é verdade”, indicando que o dado foi fruto de uma pesquisa de público da produção.

Assim como o novo Halloween, o próximo O Exorcista deve contemplar fãs e não-fãs:

“Eu quero fazer um filme que funcione para os dois [públicos]. Eu quero fazer um filme para pessoas que conhecem e amam o primeiro Exorcista e estão furiosas por estarmos fazendo isso, mas, de alguma forma, se arrastam para o cinema. Eu quero que eles saiam felizes. E eu quero fazer um filme que as pessoas que nunca ouviram falar de O Exorcista realmente gostem. Acredito que David fez isso com o Halloween e acho que ele vai fazer o mesmo com O Exorcista também.”

Para quem acredita que não é possível reviver O Exorcista, Blum lançou o desafio. A nova sequência não tem data de estreia definida, mas a página do filme no IMDb indica o título como aguardado para 2021, embora seja pouco provável que a estreia aconteça ainda este ano. Na mesma fonte, também podemos encontrar um cartaz provisório que faz reverência à icônica sequência em que Regan desce a escada fazendo ponte.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos