Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.035,17
    -2.221,19 (-1,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.592,91
    +282,64 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,66
    -1,87 (-2,94%)
     
  • OURO

    1.733,00
    -42,40 (-2,39%)
     
  • BTC-USD

    45.296,22
    -1.407,68 (-3,01%)
     
  • CMC Crypto 200

    912,88
    -20,25 (-2,17%)
     
  • S&P500

    3.811,15
    -18,19 (-0,48%)
     
  • DOW JONES

    30.932,37
    -469,64 (-1,50%)
     
  • FTSE

    6.483,43
    -168,53 (-2,53%)
     
  • HANG SENG

    28.980,21
    -1.093,96 (-3,64%)
     
  • NIKKEI

    28.966,01
    -1.202,26 (-3,99%)
     
  • NASDAQ

    12.905,75
    +74,00 (+0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7583
    +0,0194 (+0,29%)
     

O céu (não) é o limite | Perseverance em Marte, meteoro em Júpiter e mais!

Patrícia Gnipper
·4 minuto de leitura

Mais uma semana chega ao fim e, com isso, o Canaltech prepara mais um "resumão" com as principais notícias espaciais dos últimos sete dias. Nesta semana aconteceu o tão aguardado pouso do rover Perseverance em Marte — mas o Planeta Vermelho não dominou completamente o noticiário, cedendo espaço para outros acontecimentos importantes.

Vamos lá?

"Percy" pousou em Marte (e já mandou umas fotos)

O rover Perseverance, carinhosamente apelidado de "Percy" nas redes sociais, pousou com imenso sucesso na superfície marciana nesta semana. Ele faz parte da missão Mars 2020, lançada em julho do ano passado, cujo objetivo principal é procurar bioassinaturas na região da cratera Jezero, onde, há bilhões de anos, existiu água no estado líquido.

Para proporcionar esse estudo, ele coletará amostras do local, que serão trazidas à Terra em uma missão futura, com previsão de lançamento para 2026. Enquanto isso, seus diversos instrumentos científicos farão muitas análises do terreno marciano, certamente fazendo novas descobertas sobre o Planeta Vermelho.

O Perseverance leva em sua "barriga" o helicóptero Ingenuity, que servirá como um teste de novas tecnologias de voo autônomo em outro planeta. Este, por sinal, é o primeiro helicóptero já enviado a outro mundo.

Assim que chegou, o rover já compartilhou com a Terra suas primeiras fotos, inaugurando suas câmeras para verificar que elas estavam mesmo funcionando. Mas se essas imagens parecerem decepcionantes, fique tranquilo, pois elas ainda são apenas um teste e estão meio "nubladas" por conta da poeira levantada no ato do pouso.

A primeira imagem do novo lar do Perseverance, capturada pela câmera de navegação frontal (Imagem: Reprodução/NASA/JPL)
A primeira imagem do novo lar do Perseverance, capturada pela câmera de navegação frontal (Imagem: Reprodução/NASA/JPL)

Clique aqui para saber como foi o pouso do Perseverance; aqui para ver as primeiras fotos tiradas por ele, e aqui para ver imagens da cratera Jezero, onde o rover pousou.

Meteoro em Júpiter

Imagem do instrumento UVS, com detalhe do objeto e onde ocorreu o seu impacto (Imagem: Reprodução/Giles et all)
Imagem do instrumento UVS, com detalhe do objeto e onde ocorreu o seu impacto (Imagem: Reprodução/Giles et all)

A sonda Juno, da NASA, flagrou um brilho repentino nas nuvens de Júpiter. A breve ocorrência do brilho foi detectada a uma altitude de 225 km, e equipe por trás da análise desses dados entendeu que se tratou da "explosão" de um objeto entrando na densa atmosfera joviana.

Saiba mais sobre esse registro clicando aqui.

Investigando uma rocha muito estranha na Lua

"O Marco" visto à distância pelo Yutu-2 (Imagem: Reprodução/CNSA)
"O Marco" visto à distância pelo Yutu-2 (Imagem: Reprodução/CNSA)

Enquanto investigava o lado afastado da Lua, a missão chinesa Chang'e 4 com seu rover Yutu-2 observou uma estranha formação rochosa num formato pontiagudo apontando para o alto, o que intrigou muitos cientistas.

À primeira vista, a rocha até parece ter sido colocada lá por alguém, como se fosse um marco, um ponto de referência. Mas claro que não é nada disso: a hipótese mais aceita para explicar a rocha "diferentona" é a de que ela seja um fragmento parcialmente enterrado no solo lunar, talvez resultado de algum impacto espacial na superfície lunar.

Para ler mais sobre essa pedra misteriosa, clique aqui.

Cometa, e não asteroide, dizimando dinossauros

(Imagem: Reprodução/Chase Stone)
(Imagem: Reprodução/Chase Stone)

A teoria mais aceita sobre a causa da extinção dos dinossauros é a de um impacto devastador causado por um asteroide, abrindo a cratera de Chicxulub na região do México. Agora, um novo estudo levanta a suspeita de que esse objeto era, na verdade, um cometa, e não um asteroide como se pensava.

Para isso, foram feitas simulações diversas, com a equipe suspeitando que o cometa tenha vindo da Nuvem de Oort, nos limites do Sistema Solar. A gravidade de Júpiter teria tido um papel importante para atrair o cometa de tão longe para a parte mais interna do nosso sistema, colocando-o em rota de colisão com a Terra.

Saiba mais sobre essa história; clique aqui.

Adiada missão que tentará desviar a órbita de um asteroide

A NASA precisou adiar o lançamento da missão DART, que chocará uma nave contra um asteroide potencialmente perigoso para a Terra, na tentativa de desviar sua órbita. Assim, a missão pode mostrar ser possível alterar o trajeto desses objetos, sendo uma importante ferramenta de defesa planetária.

A missão seria lançada entre julho e agosto deste ano, mas a pandemia de COVID-19, entre outros fatores, impactou o cronograma. Agora, a agência espacial pretende lançar a DART entre novembro deste ano e fevereiro do ano que vem.

Clique aqui para saber mais sobre a missão.

Primeira foto de Marte tirada por uma sonda árabe

(Imagem: Reprodução/Agência Espacial dos Emirados Árabes)
(Imagem: Reprodução/Agência Espacial dos Emirados Árabes)

Os Emirados Árabes Unidos divulgaram ao mundo a primeira foto de Marte tirada por sua sonda Hope, que chegou à órbita marciana e fez com que o país se tornasse um dos poucos a já enviar uma nave ao Planeta Vermelho. A imagem foi tirada a 25 mil quilômetros acima da superfície.

Leia mais sobre a missão Hope Mars clicando aqui.

Leia também:

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: