Nyse quer participar com até 15% do mercado brasileiro

A nova plataforma de negociação a ser criada pela NYSE Euronext e a ATG espera chegar ao final de 2014 com 10% a 15% de participação no mercado de capitais brasileiro. Entretanto, o diretor executivo da ATG, Arthur Machado, ressalta que o interesse não é roubar participação da BM&FBovespa, e sim agregar novos investimentos ao mercado nacional, elevando a liquidez no Brasil.

O executivo descartou a possibilidade de criar uma clearing para atender a essa nova plataforma de negociação. A intenção da nova empresa é negociar o uso da atual clearing da BM&FBovespa. "Não imagino o Brasil, com o tamanho da economia do País, com apenas um bolsa", afirmou o presidente da ATG, Fernando Cohen. Segundo ele, a atual direção da BM&FBovespa vai perceber a importância de se criarem novos centros de liquidez no País. Mas, recentemente, o presidente da BM&FBovespa, Edemir Pinto, deixou claro que não pretende autorizar o uso da clearing pela Direct Edge, outra empresa interessada em criar uma plataforma de negociação no Brasil.

Carregando...