NY: Petróleo fecha em queda de 0,07% em Nova York

Os contratos futuros de petróleo negociados na New York Mercantile Exchange (Nymex) fecharam em queda nesta sexta-feira (28) após a divulgação de dados que apontam estoques de petróleo maiores que os esperados nos Estados Unidos. A falta de progresso nas negociações fiscais no país também pesaram sobre o humor dos investidores.

O contrato de petróleo mais negociado, com entrega para fevereiro, perdeu US$ 0,07 (0,07%), fechando a US$ 90,80 o barril, após iniciar a sessão em terreno positivo. Já na plataforma eletrônica ICE, o petróleo do tipo Brent para fevereiro caiu US$ 0,58 (0,52%) hoje, encerrando a sessão a US$ 110,62 o barril.

Os estoques de petróleo dos EUA caíram 586 mil barris na semana encerrada em 21 de dezembro, para 371,059 milhões de barris, segundo informou nesta quarta-feira o Departamento de Energia (DoE, na sigla em inglês) do governo norte-americano. A queda foi bem menor do que a previsão de 1,9 milhão de barris. Já os estoques de petróleo em Cushing - ponto de entrega física dos contratos negociados na Nymex - subiram 2,214 milhões de barris, para 49,177 milhões de barris.

Segundo analistas, também pesou a preocupação sobre as negociações para evitar o abismo fiscal nos EUA - uma série de cortes de gastos e aumentos de impostos automáticos que entrarão em vigor no começo do ano que vem caso não haja acordo no Congresso. Se um acordo não for alcançado, o país pode cair em recessão, o que prejudicaria a demanda por petróleo.

Os investidores aguardam os desdobramentos da reunião que ocorre neste momento entre o presidente dos EUA, Barack Obama, e os principais líderes do Congresso, que buscarão na Casa Branca uma forma de avançar nas negociações para evitar o abismo fiscal. "Se não houver acordo, acredito que os preços do petróleo cairão de forma significativa", afirmou Tariq Zahir, da Tyche Capital Advisors. As informações são da Dow Jones.

Carregando...