Mercado fechará em 2 hs
  • BOVESPA

    108.294,91
    +357,80 (+0,33%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.404,19
    -486,40 (-0,96%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,99
    +1,68 (+2,02%)
     
  • OURO

    1.849,20
    +7,50 (+0,41%)
     
  • BTC-USD

    36.938,22
    +2.611,39 (+7,61%)
     
  • CMC Crypto 200

    840,31
    +19,72 (+2,40%)
     
  • S&P500

    4.310,24
    -99,89 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    33.871,04
    -493,46 (-1,44%)
     
  • FTSE

    7.371,46
    +74,31 (+1,02%)
     
  • HANG SENG

    24.243,61
    -412,85 (-1,67%)
     
  • NIKKEI

    27.131,34
    -457,03 (-1,66%)
     
  • NASDAQ

    14.069,75
    -431,25 (-2,97%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1830
    -0,0457 (-0,73%)
     

Nvidia traz GeForce RTX 3050 aos desktops com 8 GB de VRAM

·4 min de leitura

Durante conferência na CES 2022, a Nvidia oficializou a chegada da GeForce RTX 3050 aos desktops. Lançada originalmente para notebooks, a placa ganha upgrades em processamento e memórias, prometendo assim ter fôlego para encarar os jogos modernos com alta qualidade gráfica e elevadas taxas de quadros, e até mesmo possibilitar gameplay com Ray Tracing e DLSS habilitado.

RTX 3050 chega aos desktops com 8 GB de memória

A versão para desktops da RTX 3050 traz upgrades em comparação à variante mobile, não apenas no consumo, como também nas especificações. O lançamento traz 2.560 núcleos CUDA, 20 RT Cores para Ray Tracing e 80 Tensor Cores para processamento de IA, além de 8 GB de memória GDDR6 em uma interface de 128-bit.

Os gráficos da Nvidia sugerem que a RTX 3050 para desktops pode ser cerca de duas vezes mais potente que a GTX 1650 (Imagem: Reprodução/Nvidia)
Os gráficos da Nvidia sugerem que a RTX 3050 para desktops pode ser cerca de duas vezes mais potente que a GTX 1650 (Imagem: Reprodução/Nvidia)

Com consumo estipulado em 130 W, utilizando um conector de 8 pinos para alimentação, a placa apresenta clock base de 1.550 MHz e boost de 1.780 MHz, oferecendo assim até 9,1 TFLOPs de poder computacional. Em comparação, o modelo para notebooks traz apenas 2.048 núcleos, consumo de 75 W e poder computacional próximo aos 4,3 TFLOPs.

A placa promete ter fôlego para rodar jogos com Ray Tracing e DLSS em taxas de quadro acima dos 60 FPS (Imagem: Reprodução/Nvidia)
A placa promete ter fôlego para rodar jogos com Ray Tracing e DLSS em taxas de quadro acima dos 60 FPS (Imagem: Reprodução/Nvidia)

Com o salto de desempenho, a Nvidia promete que a RTX 3050 para desktops é a substituta ideal da GTX 1650 e da GTX 1050 Ti, modelos ainda bastante populares entre os usuários que buscam por opções acessíveis. A empresa não chegou a passar números precisos, mas os gráficos parecem mostrar que a novidade é até duas vezes mais potente que a antecessora — ainda que seja importante destacar que as mais potentes 1650 SUPER e 1650 Ti não foram consideradas.

Outro destaque da RTX 3050 é a presença de 8 GB de RAM GDDR6, que deve garantir que a placa não tenha problemas com jogos mais recentes (Imagem: Reprodução/Nvidia)
Outro destaque da RTX 3050 é a presença de 8 GB de RAM GDDR6, que deve garantir que a placa não tenha problemas com jogos mais recentes (Imagem: Reprodução/Nvidia)

A RTX 3050 realmente se destaca pela arquitetura Ampere e seus recursos, com destaque para o Ray Tracing com aceleração de hardware e processamento de IA. Essa é a primeira placa para desktops da série 50 a contar com ambos, o que deve fazer a diferença frente às gerações passadas. Esse é justamente o ponto indicado pela gigante, que promete que o lançamento tem poder suficiente para rodar games com a técnica avançada de iluminação e DLSS acima dos 60 FPS.

Nvidia confirma estreia da RTX 3090 Ti

Antes de concluir os anúncios focados em games, a Nvidia também confirmou os rumores ao revelar a nova solução entusiasta da família GeForce, a RTX 3090 Ti. A empresa não revelou todos os detalhes do componente, cujo lançamento ocorrerá no final de janeiro, mas trouxe algumas informações sobre as especificações potentes que serão embarcadas.

Com 40 TFLOPs de poder computacional e largura de banda de mais de 1 TB/s, a Nvidia GeForce RTX 3090 Ti será lançada no final de janeiro (Imagem: Reprodução/Nvidia)
Com 40 TFLOPs de poder computacional e largura de banda de mais de 1 TB/s, a Nvidia GeForce RTX 3090 Ti será lançada no final de janeiro (Imagem: Reprodução/Nvidia)

Serão 40 TFLOPs de poder computacional, junto a 24 GB de VRAM GDDR6X rodando a 21 Gbps, maior velocidade disponível em uma GPU no momento, que deve possibilitar à largura de banda ultrapassar a barreira dos 1 TB/s. Em comparação, a RTX 3090 traz 36 TFLOPs e os mesmos 24 GB de VRAM GDDR6X, mas rodando a 19,5 Gbps, com largura de banda de pouco mais de 936 GB/s, representando melhorias de 10% e 7,7% para a nova placa, respectivamente.

Na prática, a RTX 3090 Ti não deve muito mais potência e, na realidade, pode acabar sendo um problema diante da crise global de chips. Ainda assim, entusiastas dispostos a pagar caro pela melhor solução possível terão uma nova opção com o lançamento, que ainda não teve o preço revelado.

Preço e disponibilidade

A Nvidia GeForce RTX 3050 começa a ser vendida globalmente a partir do dia 27 de janeiro, com preço sugerido de US$ 249, ou cerca R$ 1.420, em conversão direta. No momento, ainda não há informações de preço para o mercado brasileiro.

Nvidia GeForce RTX 3050: ficha técnica

  • GPU: N/A

  • CUDA Cores (Núcleos): 2.560

  • Tensor Cores (IA): 80

  • RT Cores (Ray Tracing): 20

  • Frequências: 1.550 MHz (Base), 1.780 MHz (Boost)

  • Poder computacional (FP32): 9,1 TFLOPs

  • Memória VRAM: 8 GB GDDR6

  • Interface da memória: 128-bit

  • Velocidade da memória: N/A

  • Largura de banda: N/A

  • Consumo: 130 W

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos