Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.714,55
    +2.418,37 (+2,28%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.833,80
    -55,86 (-0,11%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,75
    -0,01 (-0,01%)
     
  • OURO

    1.807,20
    +0,40 (+0,02%)
     
  • BTC-USD

    62.843,72
    +1.051,73 (+1,70%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.508,71
    +1.266,03 (+521,69%)
     
  • S&P500

    4.566,48
    +21,58 (+0,47%)
     
  • DOW JONES

    35.741,15
    +64,13 (+0,18%)
     
  • FTSE

    7.222,82
    +18,27 (+0,25%)
     
  • HANG SENG

    26.234,94
    +102,91 (+0,39%)
     
  • NIKKEI

    29.114,21
    +513,80 (+1,80%)
     
  • NASDAQ

    15.574,25
    +78,50 (+0,51%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4334
    -0,0029 (-0,05%)
     

Nvidia GeForce RTX 2060 de 12 GB volta a vazar com possível preço de venda

·3 minuto de leitura

Ainda que AMD e Nvidia contem com uma linha atualizada de placas com alto nível de desempenho e abrangência do segmento mais básico até o mais avançado, a escassez de semicondutores presente na indústria complica a vida dos usuários. Não apenas os estoques das placas andam bastante baixos, como seus preços estão significativamente mais elevados, bem além do ideal.

Mesmo com as diversas medidas tomadas pelas companhias, a alta demanda dificulta a estabilização dos preços e estoque, algo que só deve acontecer na segunda metade de 2022. Segundo rumores, a Nvidia pode acabar apostando no retorno de uma velha conhecida para tentar amenizar a situação, ao mesmo tempo em que combate os avanços da AMD na categoria de entrada.

RTX 2060 de 12 GB pode chegar com preços acessíveis

Especula-se que a RTX 2060 pode retornar em 2022, em uma variante revisada com 12 GB de RAM GDDR6, o dobro do modelo original. A possibilidade ganha força agora com um novo relatório do canal Moore's Law is Dead, conhecido por vazamentos geralmente precisos de lançamentos como a 12ª geração de processadores Alder Lake da Intel.

Lançada em 2019, a solução entregou bom nível de performance, mas deixou a desejar no quesito custo-benefício, algo pelo que a GTX 1060 ficou conhecida na geração anterior. O componente acabou ganhando uma variante SUPER pouco tempo depois, que elevou o desempenho de maneira significativa e corrigiu os pontos criticados no modelo padrão.

A nova RTX 2060 deve ter como principais destaques os 12 GB de VRAM e o preço atraente (Imagem: Reprodução/Nvidia)
A nova RTX 2060 deve ter como principais destaques os 12 GB de VRAM e o preço atraente (Imagem: Reprodução/Nvidia)

Ainda não se sabe dizer se a nova RTX 2060 contará com outras mudanças nas especificações além das memórias, apesar de se esperar que a placa siga sendo fabricada em 12 nm pela TSMC, o que levanta questionamentos sobre o quão competitiva a solução seria em 2021. No entanto, a Nvidia teria um trunfo: o preço, que a tornaria uma opção muito atraente no segmento de entrada.

Moore's Law is Dead sugere que a GPU será vendida por US$ 300 (cerca de R$ 1.650, em conversão direta), sem considerar o preço sugerido, justamente por utilizar um processo mais antigo, em vez da recente litografia de 8 nm da Samsung presente na série RTX 3000. A fabricação com tecnologia mais antiga também aliviaria os estoques da novidade, mais um elemento que justificaria os valores mais baixos.

Em comparação, a aguardada Radeon RX 6600, prevista para estrear em 13 de outubro, terá preço sugerido de US$ 329 (~R$ 1.820), mas será vendida por algo em torno de US$ 400 e US$ 450 (entre R$ 2.200 e R$ 2.480). A situação é semelhante à da RTX 3060, também munida com preço sugerido de US$ 329, mas vendida a ainda mais salgados US$ 500 (~R$ 2.750).

Ainda de acordo com o canal, outro possível motivo para o retorno da antiga placa seria o suposto baixo nível de desempenho entregue pela RTX 3050 e RTX 3050 Ti em comparação às rivais da série RX 6600. Algo parecido aconteceu com a GTX 1050, que somente se tornou uma opção interessante com a estreia da GTX 1050 Ti.

Novidade estreia em janeiro junto à linha RTX 3000 SUPER

Em outros rumores divulgados nesta semana, sugeriu-se que a nova RTX 2060 com 12 GB de VRAM estaria próxima de chegar ao mercado — a solução deve ser anunciada em janeiro, possivelmente durante a CES 2022. A novidade acompanharia ainda uma versão turbinada da RTX 3070 Ti com 16 GB de memória, bem como a linha RTX 3000 SUPER.

Além da RTX 2060 12 GB, a Nvidia deve lançar a série RTX 3000 SUPER, com destaque para a RTX 3060 SUPER (Imagem: Reprodução/Nvidia)
Além da RTX 2060 12 GB, a Nvidia deve lançar a série RTX 3000 SUPER, com destaque para a RTX 3060 SUPER (Imagem: Reprodução/Nvidia)

Os lançamentos devem contar com upgrades modestos nas especificações, com exceção da RTX 3060 SUPER, que pode acabar ofuscando a RTX 3060 Ti e a RTX 3070 ao empregar especificações muito próximas às de ambas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos