Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.976,70
    -2.854,30 (-2,55%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.668,64
    -310,36 (-0,60%)
     
  • PETROLEO CRU

    75,08
    -1,20 (-1,57%)
     
  • OURO

    1.750,20
    -3,80 (-0,22%)
     
  • BTC-USD

    16.397,17
    -77,66 (-0,47%)
     
  • CMC Crypto 200

    385,17
    +2,52 (+0,66%)
     
  • S&P500

    4.026,12
    -1,14 (-0,03%)
     
  • DOW JONES

    34.347,03
    +152,93 (+0,45%)
     
  • FTSE

    7.486,67
    +20,07 (+0,27%)
     
  • HANG SENG

    17.573,58
    0,00 (0,00%)
     
  • NIKKEI

    28.129,09
    -153,94 (-0,54%)
     
  • NASDAQ

    11.689,75
    -93,00 (-0,79%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,6174
    -0,0070 (-0,12%)
     

Nvidia divulga resultados de estudo sobre cabos derretidos na RTX 4090

Quase um mês após confirma que iniciaria um estudo para identificar a causa do derretimento de cabos de alimentação na nova GeForce RTX 4090, a Nvidia divulgou na última sexta-feira (18) os resultados da avaliação. Segundo a análise, a gigante concluiu que o número de usuários afetados é baixo demais para significar um defeito de fabricação — menos de 1%, de acordo com o estudo — e sugeriu que a culpa, na verdade, pode ser de um encaixe mal feito.

Prometendo enormes saltos de desempenho — comprovados por testes extremos como a execução de games em resolução 16K —, a RTX 4090 estreou tendo entre os pontos que mais chamaram a atenção o pico de consumo de 600 W em modelos customizados e o uso do novo conector 12VHPWR, de 16 pinos. Parte do padrão ATX 3.0 da Intel, sendo também conhecido como conector PCIe 5.0, o cabo utiliza 12 pinos para alimentação e 4 pinos inteligentes que comunicam à GPU dados como pico de consumo suportado pela fonte.

Considerando que muitos usuários ainda não têm acesso a fontes com a novidade, a Nvidia e fabricantes de placas customizadas (AIBs) embarcaram na caixa um adaptador 12VHPWR para 4 conectores de 8 pinos, mais comuns. Nesse cenário, a conexão acabou envolta em polêmica quando múltiplos casos de usuários relatando o derretimento desses cabos surgiram, situação grave quando consideramos o preço extremamente alto da GPU, de US$ 1.599 no exterior e R$ 14.499 no Brasil.

Segundo estudo da Nvidia, o encaixe mal feito do cabo PCIe (como visto na parte superior da imagem) seria o responsável pelo derretimento da conexão em algumas unidades da RTX 4090 (Imagem: Nvidia)
Segundo estudo da Nvidia, o encaixe mal feito do cabo PCIe (como visto na parte superior da imagem) seria o responsável pelo derretimento da conexão em algumas unidades da RTX 4090 (Imagem: Nvidia)

A situação chegou aos ouvidos da Nvidia, que prometeu investigar as reais causas e, segundo os resultados da avaliação publicados na semana passada, a causa seria um encaixe incompleto dos cabos. A empresa publicou uma imagem comparativa exibindo o problema: em vez de levar o conector até o fim, os usuários estariam deixando parte de fora. O estudo apontou ainda que a companhia está ciente de 50 casos mundialmente, o que representaria apenas 0,04% da base de consumidores e descartaria falhas de fabricação.

Como recomendação para evitar novos problemas, a empresa solicita aos usuários que pluguem o cabo antes de encaixar a GPU no slot PCIe, garantindo assim uma observação completa da área que comprove que a conexão foi devidamente feita. A companhia também prometeu ressarcir quem foi afetado, realizando o procedimento de recall das placas, independente da combinação de modelo e tipo de cabo, atitude louvável por parte do time verde.

Nvidia pode não estar 100% isenta de culpa

Bastante especializado, o canal Gamers Nexus realizou uma avaliação em paralelo à empresa e chegou à mesma conclusão da Nvidia — os cabos derretidos são resultado de um encaixe incompleto do conector. Os resultados do veículo soam mais preocupantes, já que mesmo uma diferença de milímetros poderia causar problemas. Mais do que isso, a equipe levanta dois pontos que indicam que a gigante não está totalmente isenta de culpa.

Espera-se que a conexão 12VHPWR emita o som de um clique quando for devidamente encaixada, justamente como um mecanismo de segurança para evitar problemas como o ocorrido. No entanto, o time de Gamers Nexus observou que esse som não é audível como deveria ser, podendo passar despercebido. Além disso, o fato da GPU funcionar mesmo quando o conector não está bem plugado beira o inaceitável, considerando os riscos que pode causar.

Como solução, o canal sugere que os 4 pinos adicionais sejam fabricados com menor extensão, obrigando o usuário a empurrar o cabo até o fim. Seja como for, ambos os estudos, junto ao recall da Nvidia, devem trazer alívio nesse primeiro momento. Resta aguardar e observar para sabermos se não há outras causas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: