Mercado fechado
  • BOVESPA

    119.564,44
    +1.852,44 (+1,57%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.399,80
    +71,60 (+0,15%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,31
    -0,38 (-0,58%)
     
  • OURO

    1.786,60
    +2,30 (+0,13%)
     
  • BTC-USD

    56.798,62
    +2.400,23 (+4,41%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.456,53
    +51,22 (+3,64%)
     
  • S&P500

    4.167,59
    +2,93 (+0,07%)
     
  • DOW JONES

    34.230,34
    +97,31 (+0,29%)
     
  • FTSE

    7.039,30
    +116,13 (+1,68%)
     
  • HANG SENG

    28.417,98
    -139,16 (-0,49%)
     
  • NIKKEI

    28.812,63
    -241,37 (-0,83%)
     
  • NASDAQ

    13.483,50
    -52,50 (-0,39%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4269
    -0,1124 (-1,72%)
     

Nunes Marques é sorteado relator de ação sobre impeachment de Alexandre de Moraes

Ricardo Brito
·2 minuto de leitura
Ministro do STF Kassio Nunes Marques

Por Ricardo Brito

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal (STF), foi sorteado relator de uma ação que pede que o Senado dê andamento a um pedido de impeachment contra o colega de corte Alexandre de Moraes apresentado pelo senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO).

O pedido de Kajuru tem como base, entre outros fatos, o que ele considera uma ordem ilegal de Moraes de ter determinado a prisão do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), que foi detido após gravar um vídeo com duras críticas e ameaças a integrantes do Supremo.

Kajuru está em evidência após ter gravado e divulgado no fim de semana um telefonema do presidente Jair Bolsonaro no qual eles defendem, entre outros temas, que o Senado dê início ao processo de impeachment de Moraes.

Na mesma conversa, Bolsonaro também disse que uma CPI da Covid precisa investigar governadores e prefeitos, e disse temer um "relatório sacana" da comissão caso a apuração se concentre apenas no governo federal.

O presidente também chamou o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), autor do requerimento de criação da CPI da Covid, de "bosta" e levantou a possibilidade de "sair na porrada" com ele.

Aliados de Bolsonaro se queixaram da forma como a conversa do presidente com Kajuru foi usada e um dos filhos do presidente, o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), vai apresentar uma representação no Conselho de Ética contra Kajuru.

Alexandre de Moraes é um dos alvo de críticas de aliados do presidente e conduz investigações sensíveis para governistas, como a que investiga as fake news e os chamados atos antidemocráticos.

Por outro lado, Nunes Marques foi o primeiro ministro do STF escolhido por Bolsonaro, na vaga aberta ano passado com a aposentadoria de Celso de Mello.

REAÇÃO

Em outro movimento, o deputado Kim Kataguiri (DEM-SP), desafeto de Bolsonaro, apresentou uma ação no Supremo para obrigar o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), que analise os pedidos de impeachment contra o chefe do Executivo federal.

Kim quer que seja determinado um prazo para a analise de Arthur Lira, que foi eleito com o apoio de Bolsonaro e tem dado sinais de que não pretende levar adiante qualquer ação referente a impedimento do presidente.

"Bolsonaro é recordista de pedidos de impeachment, já somam mais de 110. Até quando o Arthur Lira ficará sentado sobre eles?", questionou Kim no Twitter.