Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.750,58
    +376,71 (+0,35%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.326,54
    -646,73 (-1,20%)
     
  • PETROLEO CRU

    85,77
    +1,95 (+2,33%)
     
  • OURO

    1.813,70
    -2,80 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    41.624,87
    -659,20 (-1,56%)
     
  • CMC Crypto 200

    992,14
    -17,25 (-1,71%)
     
  • S&P500

    4.584,89
    -77,96 (-1,67%)
     
  • DOW JONES

    35.399,08
    -512,73 (-1,43%)
     
  • FTSE

    7.563,55
    -47,68 (-0,63%)
     
  • HANG SENG

    24.112,78
    -105,25 (-0,43%)
     
  • NIKKEI

    28.257,25
    -76,27 (-0,27%)
     
  • NASDAQ

    15.234,75
    -361,00 (-2,31%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3038
    +0,0100 (+0,16%)
     

Nubank torna-se banco mais valioso da América Latina com IPO a US$9

·2 min de leitura
Logotipo do Nubank, em São Paulo

Por Carolina Mandl

SÃO PAULO (Reuters) - O banco digital Nubank precificou suas ações classe A nesta quarta-feira a 9 dólares cada, em uma oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) na Bolsa de Valores de Nova York que o avaliou como o maior banco listado na América Latina.

Criado há oito anos para oferecer um cartão de crédito gratuito, o Nubank se tornou o banco listado mais valioso da região, com 41,5 bilhões de dólares, à frente do Itaú Unibanco.

O Nubank revelou os preços em documento enviado à Securities and Exchange Comission (SEC) antes de sua estreia na bolsa na quinta-feira. O IPO está sendo visto como indicador do apetite dos investidores por fintechs em mercados emergentes.

Uma estreia bem-sucedida pode abrir caminho para que várias outras startups, inclusive da América Latina, listem ações, enquanto uma recepção fraca pode levar muitos a atrasar seus planos.

Na semana passada, o Nubank decidiu reduzir sua avaliação do IPO em 20%, após enfrentar a fraca demanda de investidores cautelosos com fintechs bancárias não lucrativas.

Além de reduzir sua avaliação, o Nubank também reuniu alguns investidores âncora com apetite para adquirir pelo menos 1,3 bilhão de dólares em ações, incluindo sócios atuais como Sequoia e Tiger Global, e novos, como SoftBank Latin America.

O IPO de Nubank também ressalta como as fintechs estão enfrentando bancos físicos no cenário bancário altamente concentrado da América Latina.

Com o respaldo da Berkshire Hathaway, de Warren Buffett, da Tencent Holdings e da Sequoia, entre outros, o Nubank planeja usar os recursos para capital de giro, despesas operacionais e de capital e também para aquisições.

O presidente e fundador do banco, David Velez, um colombiano formado em Stanford, decidiu empreender em produtos financeiros na América Latina após perceber a burocracia para abrir uma conta corrente no Brasil. Atualmente, a fintech possui 48 milhões de clientes no Brasil, México e Colômbia.

Morgan Stanley, Goldman Sachs, Citigroup e NuInvest lideram a oferta como coordenadores globais.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos