Mercado fechará em 6 h 26 min
  • BOVESPA

    109.540,34
    +696,60 (+0,64%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.557,65
    -750,06 (-1,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,81
    +0,52 (+0,74%)
     
  • OURO

    1.773,00
    +9,20 (+0,52%)
     
  • BTC-USD

    43.118,02
    -719,31 (-1,64%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.080,48
    +16,64 (+1,56%)
     
  • S&P500

    4.374,87
    +17,14 (+0,39%)
     
  • DOW JONES

    34.091,80
    +121,33 (+0,36%)
     
  • FTSE

    6.979,21
    +75,30 (+1,09%)
     
  • HANG SENG

    24.221,54
    +122,40 (+0,51%)
     
  • NIKKEI

    29.839,71
    -660,34 (-2,17%)
     
  • NASDAQ

    15.071,75
    +62,25 (+0,41%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2363
    -0,0084 (-0,13%)
     

Nubank finalmente chega ao Apple Pay para pagamentos por aproximação

·1 minuto de leitura

Nesta terça-feira (31), o Nubank liberou a tão aguardada compatibilidade com o Apple Pay. Donos de cartões da fintech brasileira que usam iPhone, Apple Watch, iPad e Mac podem utilizar seus cartões de crédito ou débito para realizar pagamentos em estabelecimentos, aplicativos e e-commerce.

Todos os cartões — Roxinho, Ultravioleta ou conta PJ — são elegíveis para a novidade, que deve se estar disponível para todos os clientes do banco ainda hoje. O Apple Pay é a carteira digital incorporada ao ecossistema de dispositivos da Maçã que permite pagamentos por aproximação em lojas físicas e também compras online.

Cartão do Nubank precisa ser adicionado manualmente à carteira Apple Pay (Captura: Lucas Wetten/Canaltech)
Cartão do Nubank precisa ser adicionado manualmente à carteira Apple Pay (Captura: Lucas Wetten/Canaltech)

Assim como acontece em outros cartões, para incluir o Nubank no sistema de pagamentos da Maçã é necessário adicionar o cartão ao aplicativo e escolhê-lo na hora de pagar. Vale lembrar que pagamentos via Apple Pay em dispositivos móveis necessitam de autenticação via Face ID, Touch ID ou senha para assegurar que a compra é autorizada pelo dono do aparelho.

No momento da compra, o número do cartão e a identidade do cliente não são compartilhados com o comerciante, então não há risco de ter os próprios dados espalhados pelas lojas que passa. Nem mesmo a Apple tem acesso aos números do cartão físico e dados da conta do usuário.

Em caso de roubo, o usuário pode bloquear o pagamento com Apple Pay com facilidade a partir da página de suporte do ID Apple. Finalizado o processo, os cartões são suspensos ou removidos do Apple Pay mesmo se o dispositivo não estiver conectado à internet.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos