Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.716,00
    -2.354,00 (-2,06%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.395,94
    -928,96 (-2,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,43
    -4,06 (-4,86%)
     
  • OURO

    1.651,70
    -29,40 (-1,75%)
     
  • BTC-USD

    18.978,79
    -100,58 (-0,53%)
     
  • CMC Crypto 200

    434,61
    -9,92 (-2,23%)
     
  • S&P500

    3.693,23
    -64,76 (-1,72%)
     
  • DOW JONES

    29.590,41
    -486,29 (-1,62%)
     
  • FTSE

    7.018,60
    -140,92 (-1,97%)
     
  • HANG SENG

    17.933,27
    -214,63 (-1,18%)
     
  • NIKKEI

    27.153,83
    -159,27 (-0,58%)
     
  • NASDAQ

    11.388,00
    -177,50 (-1,53%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,0976
    +0,0649 (+1,29%)
     

'Nubank das teles' vai levar internet gratuita a 963 cidades

·3 min de leitura
The present world communicates and connects through technology.
A partir de novembro, Sergipe, Goiás, Mato Grosso, Rio Grande do Norte e Ceará passarão a fazer parte da área de cobertura da Veek

Após uma primeira fase bem-sucedida no Sul e Sudeste do país, a MobTech Veek anuncia mais um passo em sua expansão: 963 cidades brasileiras terão acesso ao seu plano de celular com internet gratuita, modelo pioneiro no mundo todo.

Se há alguns meses a startup estava presente em 58% dos DDDs, hoje o alcance ultrapassa os 73% - mais de 4.100 cidades -, valor cada vez mais próximo da meta de ativar operações em todo o Brasil ainda em 2022. A expectativa no próximo ano é ultrapassar a marca de um milhão de usuários.

A partir de novembro, Sergipe, Goiás, Mato Grosso, Rio Grande do Norte e Ceará passarão a fazer parte da área de cobertura da Veek. Na região Sul, já alcançada pela MobTech, houve a inclusão do estado de Santa Catarina.

Apelidada de “Nubank da Telecom”, o grande sucesso da operadora é o Freemium, um plano com internet e ligações gratuitas. Principalmente em um momento de recessão, o modelo de negócio tenta trazer economia mensal ao usuário, além da praticidade de poder contar com um serviço telefônico 100% digital e sem burocracias.

“No Brasil, 26% da população ainda não está conectada, apesar de residirem em regiões com acesso à Internet. O mercado precisava preencher essa lacuna, e esse é o propósito da Veek: ser uma operadora móvel de qualidade, transparente, e com opções sem custos para o usuário. Esse formato se torna viável por meio de pequenas ações com anunciantes: o usuário desprende alguns segundos do seu tempo, mas ganha algo em troca: o pagamento de sua conta de celular”, explica Jotta Fernandes, CXO da Veek.

Como aderir à Veek

Após obter o chip do celular, o cliente não precisa mais se preocupar com pagamento de faturas ou recargas de créditos para fazer ligações ou usar a internet, desde que assista a vídeos publicitários de poucos segundos que irão funcionar como o “pagamento” pelo acesso ao serviço ao longo de seu uso. O pacote oferece 1GB de internet mensalmente, ligações ilimitadas e trinta mensagens de texto (SMS) por dia. Para aderir à Veek, basta acessar o site ou baixar o app (disponível para Android e iOS), podendo optar ou não pela portabilidade. Vale ressaltar que é preciso consultar anteriormente se o serviço está disponível para o CEP em questão.

Feito esse processo, será cobrado o pagamento único de R$45 que servirá para arcar com custos de manuseio para o envio do chip. Para manter a gratuidade do Freemium, o cliente precisará fazer o check-in no aplicativo assistindo a, pelo menos, um vídeo por dia. O uso dos serviços de internet, voz e SMS são liberados por 60 minutos a cada check-in feito.

Além da assinatura Freemium, a Veek também oferece sua assinatura Premium e as recargas avulsas. Em ambas as modalidades há o acúmulo de gigabytes disponíveis mensalmente caso o usuário não utilize toda a sua cota, e a isenção de anúncios, com o diferencial de que no Premium a assinatura é recorrente.