Mercado fechado

Nubank cria gestora de investimentos e se filia à Anbima

Flávia Furlan

Por enquanto, a Nu Investimentos vai administrar apenas o caixa do grupo em busca de mais eficiência O Nubank criou uma gestora de investimentos que, por enquanto, vai administrar apenas o caixa do grupo em busca de mais eficiência, embora esteja apta a gerenciar e distribuir fundos próprios.

Imagem retirada do Facebook / Nubank

“O foco da empresa segue em desenvolver soluções para os principais problemas financeiros das pessoas e a gestão de investimentos pode ser uma opção no futuro”, diz o Nubank, em nota.

A Nu Investimentos possui autorização de funcionamento como administradora de carteiras e valores mobiliários pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) desde julho de 2018.

A partir de hoje, no entanto, a gestora também inicia a filiação à Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima), entidade que representa e autorregula o setor.

Segundo o banco digital explicou, a autorização da CVM foi o começo do processo de criação da gestora que, com a associação à Anbima, se torna 100% operacional.

O Nubank tem 12 milhões de usuários de seu cartão de crédito, lançado em 2014. Já a NuConta tem 17 milhões de clientes. O banco digital também iniciou os testes para concessão de crédito pessoal.

Com escritórios também no México e na Argentina, o Nubank já captou US$ 820 milhões em sete rodadas de investimento de fundos como Sequoia, Kaszek e Redpoint Ventures.

A Anbima também aprovou a adesão de cinco empresas: BRDR, Capstone Partners, MDM Capital, Onze Gestora e Pleni. No total, são 266 empresas associadas.