Mercado abrirá em 3 h 23 min

Nubank continua caindo na Bolsa e agora vale 'meio' Itaú

Ações do Nubank continuam caindo e fintech já vale a meio Itaú (Pavlo Gonchar/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
Ações do Nubank continuam caindo e fintech já vale a meio Itaú (Pavlo Gonchar/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
  • Ações do Nubank sofreram nesta segunda-feira, acompanhando mau tempo na bolsa americana;

  • Papéis do banco digital vem caindo desde sua estreia na Bolsa de Nova York;

  • Fintech já tem valor inferior ao Santander, o menor dos cinco maiores bancos no Brasil.

As ações da fintech brasileira, Nubank, continuaram caindo nesta segunda-feira, 09, seguindo a tendência da bolsa americana onde as ações são comercializadas. No somatório, as ações do banco digital já caíram cerca de 50% desde sua abertura de capital (IPO) em dezembro do ano passado.

O Nubank estreou na Bolsa de Nova York (NYSE) com suas ações sendo comercializadas a US$ 9, ou R$ 46 na cotação atual, o que levou o valor de mercado da empresa chegar a US$ 41 bilhões (cerca de R$ 210 bilhões), o que surpreendeu a maior parte dos analistas, visto que chegou a superar o valor de mercado do Itaú, maior banco brasileiro na época, sendo avaliado em US$ 37,7 bilhões, e se tornou o maior banco da América Latina.

Desde então o preço do papel vem caindo lentamente, sendo agora vendido a US$ 4,35 (R$ 22,3), uma queda de aproximadamente 51,5%. Com isso o Nubank perdeu seu posto não só de banco mais valioso da América Latina, como do Brasil, com seu valor de mercado total fechando o dia a US$ 20,5 bilhões.

Dessa forma a fintech é hoje ainda menos valiosa que o Santander, hoje avaliado em US$ 24 bilhões no Brasil. Enquanto isso, o Itaú se manteve estável no período, obtendo ainda um aumento em seu valor para US$ 40,6 bilhões.

Em comparação a seus pares mais diretos, outros bancos digitais, o Nubank ainda é o mais expressivo, com um total de 54 milhões de clientes, enquanto o Inter possui cerca de 19 milhões. O Next, Digio e a carteira digital Bitz, todos do Bradesco, possuem 21 milhões de usuários. Já o C6 na última marcação apresentou cerca de 11 milhões de clientes.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos