Mercado abrirá em 9 h 24 min
  • BOVESPA

    112.282,28
    +2.032,55 (+1,84%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.338,34
    +510,21 (+1,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,38
    +0,15 (+0,21%)
     
  • OURO

    1.764,10
    -14,70 (-0,83%)
     
  • BTC-USD

    44.122,05
    +1.981,26 (+4,70%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.107,26
    +66,78 (+6,42%)
     
  • S&P500

    4.395,64
    +41,45 (+0,95%)
     
  • DOW JONES

    34.258,32
    +338,48 (+1,00%)
     
  • FTSE

    7.083,37
    +102,39 (+1,47%)
     
  • HANG SENG

    24.459,31
    +237,77 (+0,98%)
     
  • NIKKEI

    29.639,40
    -200,31 (-0,67%)
     
  • NASDAQ

    15.196,50
    +33,00 (+0,22%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2141
    +0,0053 (+0,09%)
     

Novos iPhones poderão usar satélite para comunicar emergências

·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- O plano da Apple para trazer recursos de satélite para o iPhone será focado em situações de emergência. Os usuários poderão enviar mensagens de texto para serviços de socorro e comunicar acidentes em áreas sem cobertura de celular.

A gigante está desenvolvendo pelo menos dois recursos emergenciais que usarão redes de satélite, de acordo com uma pessoa a par do trabalho.

As especulações de que o próximo iPhone terá capacidades de satélite aumentaram esta semana após um analista da TF International Securities, Ming-Chi Kuo, afirmar que o novo smartphone provavelmente funcionará com espectro pertencente à Globalstar.

Isso levou a conjecturas de que o iPhone será semelhante a um telefone via satélite, liberando os usuários da dependência das redes de celular. Mas o plano inicial da Apple tem escopo mais limitado, de acordo com a fonte, e seu objetivo é ajudar usuários a lidar com crises.

Um representante da Apple não quis comentar.

O primeiro componente permitirá o envio de mensagens de texto para serviços e contatos de emergência através de uma rede de satélite quando não houver sinal de celular disponível. Esse mecanismo será integrado ao aplicativo Mensagens como um terceiro protocolo, junto com SMS padrão e iMessage.

Outro recurso será uma ferramenta para comunicar acidentes aéreos ou marítimos, também usando redes de satélite. Além de texto, o sistema poderá eventualmente realizar ligações por voz. Essa opção será útil em montanhas ou lagos, onde pode não haver disponibilidade de cobertura 4G ou 5G.

O segundo recurso de emergência ajudará usuários a relatar uma crise. O telefone perguntará que tipo de emergência está ocorrendo — por exemplo, se envolve carro, barco, avião ou incêndio —, se há necessidade de acionar serviços de busca e resgate, se há comportamento suspeito ou armas envolvidas e se alguém sofreu uma lesão traumática.

Esse recurso poderá enviar a localização do usuário e o cartão virtual do aplicativo Saúde, contendo o histórico de saúde do usuário, medicamentos utilizados, idade, peso e altura, além de notificar seus contatos de emergência.

More stories like this are available on bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos