Mercado fechado

Novo Toyota Corolla chega à Argentina com versão híbrida mais barata

feedback@motor1.com (Daniel Messeder)
Toyota Corolla 2020

Acabamento intermediário XEi é oferecido com o conjunto híbrido, enquanto o motor 2.0 pode receber câmbio manual

Lançado no Brasil no começo de setembro, o Toyota Corolla de nova geração agora chega ao mercado argentino. Produzido em Indaiatuba (SP), o sedã médio estará disponível no país vizinho em mais opções que em nosso país, principalmente pela oferta do câmbio manual em diversos acabamentos - por aqui, ele é ofertado unicamente com a transmissão automática do tipo CVT. 

Novo Corolla testado!

Por ora, o Corolla 2020 será oferecido na Argentina na versão de topo SEG, equivalente à nossa Altis, com motor 2.0 a gasolina de 170 cv e 20,4 kgfm ou o 1.8 híbrido (122 cv), ambos com a transmissão automática CVT - embora a do híbrido seja completamente diferente em termos de construção e funcionamento. Apenas o CVT do 2.0 simula marchas e tem a primeira mecânica, totalizando 10 velocidades, além de ter as borboletas na direção para trocas manuais. 

Toyota Corolla 2020 (BR)

No mais tardar em abril, começam a chegar as demais versões: XLi manual e CVT, XEi manual e CVT, XEi Hybrid, XEi Pack manual e XEi Pack CVT. Além da exclusividade da caixa manual de 6 marchas, que no Brasil não faz mais sentido em termos de vendas, vale destacar a oferta do acabamento intermediário XEi com o conjunto híbrido. Por aqui, apenas a versão de topo Altis pode vir com a mecânica conjunta de combustão e eletricidade.

No mais, são ofertados os mesmos itens de tecnologia conhecidos do mercado brasileiro, como controlador de velocidade adaptativo, frenagem automática de emergência e alerta de saída de faixa, todas como parte do pacote Toyota Safety Sense. Quem optar pela versão híbrida terá desconto no licenciamento em algumas cidades da Argentina. 

Em termos de valores, as duas primeiras versões à venda no mercado vizinho, SEG 2.0 CVT e SEG 1.8 Hybrid, custam o equivalente a R$ 135.700 e R$ 142.750, respectivamente. No Brasil, o modelo na versão Altis Premium 2.0 sai por R$ 124.990 e na Altis Hybrid Premium custa R$ 130.990, com a diferença de que por aqui ambas as motorizações são flex. Mas a ideia de ter um XEi Hybrid com preço mais em conta bem que poderia ser copiada dos hermanos, não?