Mercado fechado
  • BOVESPA

    107.289,57
    -1.652,11 (-1,52%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.604,11
    -995,27 (-1,93%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,75
    -2,39 (-2,81%)
     
  • OURO

    1.840,60
    +8,80 (+0,48%)
     
  • BTC-USD

    35.789,27
    +940,30 (+2,70%)
     
  • CMC Crypto 200

    812,39
    +1,79 (+0,22%)
     
  • S&P500

    4.285,46
    -112,48 (-2,56%)
     
  • DOW JONES

    33.486,09
    -779,28 (-2,27%)
     
  • FTSE

    7.297,15
    -196,98 (-2,63%)
     
  • HANG SENG

    24.656,46
    -309,09 (-1,24%)
     
  • NIKKEI

    27.588,37
    +66,11 (+0,24%)
     
  • NASDAQ

    13.996,00
    -430,50 (-2,98%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2334
    +0,0434 (+0,70%)
     

Novo teste sanguíneo pode detectar câncer mesmo antes de sintomas específicos

·2 min de leitura

Uma nova técnica de diagnóstico de câncer a partir de exame de sangue pode se tornar chave para o tratamento da doença. O teste poderia detectar a condição em pessoas que tenham sintomas não-específicos, como perda de peso e fadiga.

A expectativa dos cientistas é que o novo método possa ser utilizado para detectar o câncer de forma precoce para iniciar o tratamento, com maiores chances de sucesso na recuperação.

A descoberta, publicada no periódico Clinical Cancer Research, pode ter grande impacto, porque pacientes muitas vezes buscam atendimento com sintomas não-específicos de câncer e têm dificuldades de receber o diagnóstico correto. Assim, eles são orientados a voltar para casa e retornar só após a condição piorar. Enquanto isso, o câncer só aumenta dentro do organismo, como explica James Larkin, pesquisador da Universidade de Oxford envolvido na pesquisa.

O teste em questão se vale de uma tecnologia chamada espectroscopia de ressonância magnética nuclear, com a qual é possível medir os níveis de metabólitos no sangue.

Exame consegue detectar câncer a partir de análise do sangue (Imagem: allinonemovie/Pixabay)
Exame consegue detectar câncer a partir de análise do sangue (Imagem: allinonemovie/Pixabay)

Indivíduos saudáveis têm concentrações diferentes de metabólitos em seus organismos em comparação com alguém que tenha câncer local ou em metástase. Graças à distinção, é possível identificar alguém com a doença mesmo antes dos sinais mais claros.

Durante os experimentos, foram acompanhados 300 pacientes com sintomas não-específicos, mas preocupantes, como perda de peso e fadiga. O diagnóstico foi correto em 19 das 20 detecções, embora não tenha sido possível definir qual era o tipo de tumor.

Além disso, o teste também se provou capaz de distinguir corretamente em 94% dos casos se o câncer era localizado ou se já estava em metástase.

O próximo passo, a partir de agora, é realizar experimentos com mais pessoas no Reino Unido para garantir a precisão do diagnóstico. Segundo Larkin, ao longo dos próximos dois anos, entre 2.000 e 3.000 britânicos devem ser testados com a tecnologia. A partir de então, seria possível buscar a autorização dos órgãos regulatórios.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos