Mercado abrirá em 5 h 2 min
  • BOVESPA

    113.430,54
    +1.157,53 (+1,03%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.564,27
    +42,84 (+0,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,06
    +0,19 (+0,24%)
     
  • OURO

    1.942,00
    -3,30 (-0,17%)
     
  • BTC-USD

    23.086,84
    +238,63 (+1,04%)
     
  • CMC Crypto 200

    524,33
    +5,54 (+1,07%)
     
  • S&P500

    4.076,60
    +58,83 (+1,46%)
     
  • DOW JONES

    34.086,04
    +368,95 (+1,09%)
     
  • FTSE

    7.771,70
    -13,17 (-0,17%)
     
  • HANG SENG

    22.000,75
    +158,42 (+0,73%)
     
  • NIKKEI

    27.346,88
    +19,77 (+0,07%)
     
  • NASDAQ

    12.108,50
    -43,50 (-0,36%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5194
    +0,0038 (+0,07%)
     

Novo teste de covid-19 detecta o coronavírus através das lágrimas

Cientistas da Universidade de São Paulo (USP) descobriram uma nova forma de detectar a presença do vírus da covid-19, através das lágrimas do paciente com suspeita da infecção. Para isso, é preciso coletar amostras do fluido lacrimal com um swab (cotonete), igual ao usado na coleta feita pelo nariz ou pela boca.

O estudo descrevendo o funcionamento do método que diagnostica o coronavírus SARS-CoV-2 pelas lágrimas foi publicado na revista científica Journal of Clinical Medicine. Embora curiosa, a estratégia não deve se popularizar tão cedo, já que a sensibilidade não é menor que a do PCR e do teste rápido — o teste detectou apenas 18,2% dos casos confirmados da covid-19 e não deu nenhum falso-positivo.

Entre as possíveis justificativas, está o fato de que a presença do vírus seja somente identificada nas lágrimas em casos mais graves da covid-19. Neste ponto, o resultado positivo pode alertar para um prognóstico ruim, demandando maior atenção ao paciente por parte da equipe médica. No entanto, mais estudos ainda são necessários para viabilizar a tecnologia.

Cientistas da USP criam teste que diagnostica a covid-19 através das lágrimas (Imagem: Luiz Fernando Manzoni Lourençone/USP/Agência Fapesp)
Cientistas da USP criam teste que diagnostica a covid-19 através das lágrimas (Imagem: Luiz Fernando Manzoni Lourençone/USP/Agência Fapesp)

Por que usar lágrimas para detectar covid-19?

“No início da pesquisa, pensamos em buscar um método de diagnóstico fácil, com a coleta de material sem tanto incômodo para os pacientes. O swab nasal, além de provocar desconforto, nem sempre é usado da maneira correta. Para pessoas com desvio de septo nasal, por exemplo, pode ser um problema. Achávamos que a lágrima seria mais fácil de executar, mais tolerável", explica Luiz Fernando Manzoni Lourençone, professor da Faculdade de Odontologia de Bauru e do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais, ambos da USP, em comunicado.

"Conseguimos mostrar que [o uso das lágrimas] é um caminho. Uma limitação nesse estudo é que não sabemos se a quantidade de lágrima coletada influencia na positividade ou não”, comenta Lourençone.

Como foi feito o estudo?

Durante a pesquisa, os cientistas analisaram amostras de pacientes internados no primeiro semestre de 2021, quando as variantes Gama e Delta eram predominantes no Brasil. Entre os recrutados, 33 tinham diagnóstico positivo para a covid-19 e 14 não estavam infectados. Embora a taxa de acerto não seja tão significativa, ela poderá ser usada para estimar a gravidade do quadro no futuro, dependendo dos próximos passos do estudo.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: