Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.669,90
    -643,33 (-0,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.627,67
    -560,48 (-1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    59,34
    -0,26 (-0,44%)
     
  • OURO

    1.744,10
    -14,10 (-0,80%)
     
  • BTC-USD

    60.489,57
    +2.138,32 (+3,66%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.235,89
    +8,34 (+0,68%)
     
  • S&P500

    4.128,80
    +31,63 (+0,77%)
     
  • DOW JONES

    33.800,60
    +297,03 (+0,89%)
     
  • FTSE

    6.915,75
    -26,47 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    28.698,80
    -309,27 (-1,07%)
     
  • NIKKEI

    29.768,06
    +59,08 (+0,20%)
     
  • NASDAQ

    13.811,00
    +63,25 (+0,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7625
    +0,1276 (+1,92%)
     

Novo técnico, jovens e teste para a Série B: como chega o Botafogo para o Carioca

Sergio Santana
·3 minuto de leitura


A temporada 2021 começa para o Botafogo nesta quarta-feira. No passado recente, a lembrança de confusões dentro e fora de campo que resultaram no terceiro rebaixamento da história do clube. Para a diretoria e a nova comissão técnica, formada por Marcelo Chamusca, é tempo de recomeço, e tudo isto está ligado ao Campeonato Carioca.

Com toda a pressão envolvendo o Alvinegro por conta dos resultados recentes, Chamusca, que foi anunciado há pouco menos de duas semanas, assumiu o time oficialmente após o fim do Campeonato Brasileiro. Sem o tempo hábil de colocar em prática um estilo de jogo, a pré-temporada acontecerá "dentro" do Estadual.

As novidades, além do profissional que está na casamata, são as mudanças no elenco. Com a queda de orçamento pela queda na Série B, os jogadores com maiores salários devem ir embora - Cícero, por exemplo, não teve o contrato renovado por esta razão.

O ESTILO CHAMUSCA
Confirmado como treinador do Botafogo. O treinador deu a primeira atividade completa ao elenco no dia 23 de fevereiro, na terça-feira da última semana. Com apenas sete dias à frente dos treinamentos do plantel, o Campeonato Carioca e o calendário apertado já o "obrigam" a entrar em um jogo oficial.

A prioridade do Botafogo é, claro, o acesso para a primeira divisão. Por isto, com as mudanças no calendário e o pouco tempo de intervalo entre uma temporada e outra, o Campeonato Carioca servirá, antes de tudo, para o time entender os conceitos passados por Marcelo Chamusca.

Diferentemente dos outros três grandes clubes do estado, o Botafogo já iniciará a competição com força máxima. Os jogadores não tiveram férias ao final do Campeonato Brasileiro em Marcelo Chamusca tem todo o plantel à disposição - com exceção dos atletas que estão no departamento médico.

REFORÇOS

Ronald e Pedro Castro - Botafogo
Ronald e Pedro Castro - Botafogo

Ronald e Pedro Castro estão confirmados (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

O objetivo do Botafogo é montar um time competitivo com pouco dinheiro. A tarefa é difícil e praticamente utópica, mas todos os jogadores que o Alvinegro têm buscado no mercado de transferências possuem experiência na Série B e chegariam a custo zero.

Estes são os casos de Ronald e Pedro Castro, as primeiras contratações anunciadas para a temporada. O atacante e o meio-campista, respectivamente, chegaram a custo zero e trazem consigo a bagagem de terem disputado a segunda divisão do Brasileiro no ano passado.

A dupla está regularizada e cabe a Marcelo Chamusca escala-los contra o Boavista, na estreia do Carioca, na próxima quarta-feira, às 18h, no Estádio Nilton Santos. Aos poucos, mais jogadores serão anunciados como jogadores do clube de General Severiano.

MOLEQUES DE GENERAL

Rafael Navarro e Matheus Nascimento - Botafogo
Rafael Navarro e Matheus Nascimento - Botafogo

Matheus Nascimento e Rafael Navarro (Foto: Vítor Silva/Botafogo)

O Botafogo foi rebaixado na 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partir de então, passou a utilizar um time composto por garotos da base nas partidas restantes da competição para dar mais tempo de jogo e vivência profissional aos atletas, já prevendo que eles seriam importantes para a temporada que viria adiante.

A hora está chegando. O tempo de intervalo é curto, então os moleques de General Severiano continuarão ganhando mais espaço na categoria profissional para ajudar a equipe quando a Série B começar.

São os casos de Sousa, Matheus Nascimento, Rafael Navarro, Ênio, Romildo, Kayque, Cesinha - este, da base do Internacional -, entre outros. O Carioca será mais um nível de exigência para que eles cheguem ainda mais preparados para o restante da temporada.

O CARIOCA DO BOTAFOGO
O Botafogo, claro, chega para o Campeonato Carioca com pretensões de conquistar vitórias e ter resultados positivos. O objetivo como um todo, porém, é desenvolver um estilo de jogo com Marcelo Chamusca para a disputa da próxima Série B.

Encarar o Estadual como uma espécie de "pré-temporada" é mais um caso de que Chamusca busca entrosar o elenco dentro de campo e com vivências reais de jogo. A temporada começa para o Botafogo, com o único objetivo de não repetir os erros do passado recente.