Mercado fechado
  • BOVESPA

    125.052,78
    -1.093,88 (-0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.268,45
    +27,94 (+0,06%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,17
    +0,26 (+0,36%)
     
  • OURO

    1.802,10
    -3,30 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    34.424,39
    +753,53 (+2,24%)
     
  • CMC Crypto 200

    786,33
    -7,40 (-0,93%)
     
  • S&P500

    4.411,79
    +44,31 (+1,01%)
     
  • DOW JONES

    35.061,55
    +238,20 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.027,58
    +59,28 (+0,85%)
     
  • HANG SENG

    27.321,98
    -401,86 (-1,45%)
     
  • NIKKEI

    27.548,00
    +159,80 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.091,25
    +162,75 (+1,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1216
    +0,0014 (+0,02%)
     

Novo rumor confirma que Apple estuda adotar always-on no iPhone 13

·2 minuto de leitura
Novo rumor confirma que Apple estuda adotar always-on no iPhone 13
Novo rumor confirma que Apple estuda adotar always-on no iPhone 13

Os primeiros comentários sobre a possibilidade de o iPhone 13 apresentar a tecnologia always-on display surgiram ainda em novembro do ano passado, em um vazamento do site sul-coreano The Elec. Nesta segunda-feira (19/07), há poucos meses do esperado lançamento do flagship da Apple, eles se fortaleceram.

O responsável pelas novas informações a respeito do iPhone 13, mais especificamente sobre a adoção da tecnologia always-on display, foi o jornalista e leaker Mark Gurman, em seu boletim Power On, no site da Bloomberg. “Espere um chip A15 mais rápido, entalhe menor, uma nova tela para melhor duração da bateria e o potencial de um modo always-on, como o Apple Watch, além de uma taxa de atualização de 120Hz e atualizações para gravação de vídeo”, disparou, elencando uma série de novidades que o carro-chefe da Apple supostamente apresentará quando chegar ao mercado.

A função always-on display, ou AOD, e que agora pode chegar à família iPhone 13, é aquela que permite, em termos simples, ter acesso às informações mesmo sem a tela estar ativada. Isso implica, obviamente, em um consumo menor de bateria e em menos desgaste das telas que o suportam, LCD e, principalmente, OLED. As novas telas do iPhone 13 também deverão ter, como o próprio Gurman reafirmou, taxas de atualização de 120Hz, inéditas nos modelos Apple.

Promessa antiga

A Apple vem cogitando implementar a tecnologia always-on display em modelos de seu principal produto bem antes de começar a imaginar a produção da série iPhone 13. Os usuários vivem a expectativa de ter acesso aos benefícios da tecnologia também chamada de ProMotion desde a chegada do iPhone X, que deu as caras no mercado em setembro de 2017, mas só chegou ao Brasil em dezembro do mesmo ano.

Os quatro anos de “atraso” para adotar a tecnologia always-on display, se é que podemos rotular assim, podem realmente estar ligados à tentativa da Apple de resolver, definitivamente, um dos maiores problemas relatados por donos de iPhone, e que possivelmente se tornarão usuários do iPhone 13: a duração da bateria. Todos os relatos relacionados ao trabalho em cima dessa nova tecnologia indicam que ela fará parte de “uma nova tela para uma melhor duração da bateria”.

O display always-on garante economia de bateria justamente por ficar ligado direto. A tela reduz para a intensidade de energia durante o período inativo, reacendendo sutilmente para uso. Vale lembrar que o uso de LTPO e OLED foi introduzido no Apple Watch Series 4 que não tinha o display always-on. A tecnologia foi atualizada no relógio sucessor.

Via Android Authority

Imagem: EverythingApplePro

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos