Mercado fechará em 4 h 14 min

Novo Peugeot 208 chega ao Brasil em breve com novidades para o segmento

Felipe Ribeiro

Eleito o carro do ano de 2020 na Europa, a nova versão do Peugeot 208 finalmente desembarcará no Brasil. Programado para o primeiro semestre desse ano e, claro, atrapalhado pela pandemia, o compacto francês foi completamente remodelado e equipado para encarar os demais modelos do mercado, como o Chevrolet Onix, o Hyundai HB20, o Fiat Argo e o Ford Ka, todos já testados pelo Canaltech em suas opções topo de gama.

Segundo a Peugeot, o 208 receberá tecnologias inéditas para o segmento, como o novíssimo painel i-Cockpit 3D, além de uma versão 100% elétrica, que também foi confirmada para o mercado brasileiro. A frustração, no entanto, ficará para o conjunto mecânico, que será o mesmo que equipa as versões atuais do veículo, o motor 1.6 de 118cv e 16,1 kgf/m de torque. Caso viesse com o esperado 1.0 turbo, certamente os rivais teriam ainda mais problemas.

i-Cockpit 3D e design arrojado

Principal novidade quando abordamos a área interna do Peugeot 208, o iCockpit 3D passa uma impressão de modernidade e futurismo ao carro. O conceito patenteado pela marca amplia as sensações e o prazer de dirigir criar um cluster em três dimensões, composta pelo volante, que é o característico da montadora, painel de instrumentos elevado, central multimídia touchscreen e a série de teclas de "alternância" que permitem acesso direto às principais funções do veículo.

O novo cluster dispõe de tecnologia holográfica em 3D, para que algumas informações sobre a condução do veículo sejam projetadas em destaque à frente do visor principal. As indicações são dinâmicas e animadas, aproximando-se dos olhos, dependendo do grau de importância ou urgência, contribuindo para uma melhor reatividade e melhorando a condução em todos os sentidos – além de maior eficiência, proporciona uma leitura mais confortável aos olhos.

Já quando falamos da parte externa, o Novo Peugeot 208 tem no estilo um de seus pontos mais fortes, com um design que inaugura a nova identidade mundial da marca no Brasil. Sua carroceria encorpada e de proporções homogêneas, é mais longa, mais larga e mais baixa que a do antecessor. As linhas puras formam uma silhueta arrojada, que evoca a esportividade, com um sutil equilíbrio entre robustez e suavidade.

Imagem: Peugeot

Seguindo uma das principais características da marca, a dianteira do modelo é imediatamente identificável. Ela associa de maneira habilidosa elementos da nova assinatura visual na parte inferior e um “olhar felino” que remete diretamente ao “dente de sabre”, ressaltado pela iluminação com faróis full LED. O desenho do para-choque dianteiro é composto por uma única linha e uma ampla grade perfeitamente integrada, que passa a ostentar o logotipo ao centro. Já o nome do modelo está posicionado na extremidade frontal do capô.

A traseira é caracterizada por um acabamento em black piano que se estende por toda a largura da tampa do porta-malas, unindo as lanternas – também dotadas de elementos luminosos na forma de três “garras”, em harmonia com o estilo frontal.

Versão elétrica para compensar

Apesar de não trazer o motor turbo para seu compacto - nem mesmo o 1.6 THP -, a montadora francesa 'compensou' com a confirmação do Peugeot 208 e-GT, que será o primeiro compacto 100% elétrico comercializado no Brasil. Essa versão do carro faz de 0 a 100km/h em apenas 8,1 segundos, tem motor com 26,5 kgf/m de torque e 136cv.

Imagem: Peugeot

O lançamento ainda traz o conceito “Power of Choice”, que faz parte da nova promessa de “Unboring the Future” da da Peugeot. Ou seja, para a marca, traz a ideia que a relação entre as pessoas e os carros deve sempre ter como princípio o prazer de dirigir, independentemente das tecnologias que venham a ser aplicadas nos automóveis no futuro.

Preços e versões

A Peugeot ainda não confirmou o número de versões e os preços para o carro, mas eles devem aparecer em breve, já que, segundo informações, o lançamento do novo Peugeot 208 no Brasil deve ocorrer até setembro.


Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: