Mercado fechará em 2 h 9 min
  • BOVESPA

    121.943,60
    +1.594,80 (+1,33%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.254,32
    +362,04 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,32
    -0,04 (-0,08%)
     
  • OURO

    1.837,60
    +7,70 (+0,42%)
     
  • BTC-USD

    36.152,47
    +93,59 (+0,26%)
     
  • CMC Crypto 200

    703,90
    -31,24 (-4,25%)
     
  • S&P500

    3.768,25
    -27,29 (-0,72%)
     
  • DOW JONES

    30.814,26
    -177,24 (-0,57%)
     
  • FTSE

    6.720,65
    -15,06 (-0,22%)
     
  • HANG SENG

    28.862,77
    +288,91 (+1,01%)
     
  • NIKKEI

    28.242,21
    -276,97 (-0,97%)
     
  • NASDAQ

    12.810,50
    +8,25 (+0,06%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3614
    -0,0312 (-0,49%)
     

Novo Outlook vaza na web e deve ser o app "tudo em um" da Microsoft

Rubens Eishima
·2 minuto de leitura

Após uma certa estabilidade em seus planos para serviços de e-mail, a Microsoft prepara uma reestruturação como há muito tempo não fazia. O projeto Monarch mostrou seus primeiros frutos, com uma versão de desenvolvimento do aplicativo One Outlook vazando em imagens e instalador, indicando um substituto para os serviços de e-mail do Windows 10 e Office.

A substituição do programa padrão de e-mails do Windows já foi cogitada na época do Windows 8, inclusive com rumores de que os apps de mensagem e calendário seriam combinados em uma versão simplificada do Outlook.

Ao que tudo indica, o plano pode ter sido revivido na Microsoft, com um único aplicativo substituindo tanto o programa padrão de e-mail do Windows 10 quanto o do pacote Office — além da versão web e do app para macOS.

Segundo o site Windows Central, a versão de testes do “One Outlook” deve ser disponibilizada no final deste ano, com o objetivo de substituir os apps do Windows 10 já em 2022. No caso da versão Office, a substituição ainda não tem data planejada, mas deve levar mais tempo, já que o Outlook 365 conta com integrações importantes em serviços usados por empresas (e suas milionárias assinaturas Office 365).

Um instalador para uso pelos testadores internos da Microsoft foi vazado pelo informante WalkingCat, mas o programa requer a instalação da versão de desenvolvimento do navegador Edge. A exigência se explica pelo fato do Monarch/One Outlook funcionar como um webapp, utilizando o recurso WebView2 do browser para exibir as páginas.

Também por isso o processo de instalação do aplicativo avisa que recursos como armazenamento offline não estão disponíveis, exigindo uma conexão estável com a internet para uso do programa.

Processo de instalação exige contas de usuário com privilégios especiais (Imagem: reprodução/Richard Hay)
Processo de instalação exige contas de usuário com privilégios especiais (Imagem: reprodução/Richard Hay)

Déjà vu

Caso o plano da Microsoft seja posto em prática até o fim, marcará a volta do nome Outlook entre os aplicativos padrões do Windows cerca de 10 anos após a descontinuação do antigo Outlook Express. O programa, que era distribuído originalmente com o Internet Explorer, passou a ser integrado ao sistema entre o Windows 98 até o XP, sendo substituído pelo Windows Mail no Windows Vista.

O nome foi deixado de lado durante o Windows 7 (quando o programa foi isolado do sistema e recebeu o nome de Windows Live Mail, durante a fase de produtos "Live" da empresa, antes do período "One"), voltando a ser usado a partir do Windows 8, com o sistema UWP (Universal Windows Apps), o visual Metro e atualizações pela Microsoft Store.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: