Mercado fechado

Novo Nissan GT-R será lançado em 2023 com motorização híbrida

br.info@motor1.com (Nicolas Tavares)
·2 minutos de leitura
2020 Nissan GT-R Nismo: Review
2020 Nissan GT-R Nismo: Review

Marca finalmente trabalha em nova geração e ela terá um sistema KERS como da Fórmula 1

O Nissan GT-R é, possivelmente, um dos esportivos vendidos atualmente mais antigos, já que a primeira versão foi mostrada no Salão de Tóquio de 2007 e ele continua firme e forte, com algumas atualizações durante o passar dos anos. Mesmo com todas as reestilizações durante sua vida, incluindo versões especiais como o GT-R50 by Italdesign, o GT-R R35 é basicamente o mesmo carro e está bem atrasado para trocar de geração.

Mas isso não irá demorar muito mais, mesmo que o Nissan GT-R não tenha aparecido na lista de próximos lançamentos previstos pela marca. É o que diz o site Automotive News, em sua série especial Future Product Pipeline falando da Nissan. Ashwani Gupta, atual COO da empresa, disse à publicação que a fabricante está no processo de renovar toda sua linha nos Estados Unidos e que, sim, o GT-R também terá mudanças.

Segundo a reportagem, a Nissan já trabalha no novo GT-R, que estaria previsto para 2023. Isso são apenas dois anos, algo até curto considerando que o projeto passou por muitas idas e vindas sobre sua aprovação. Outra informação interessante é que a fabricante japonesa está considerando uma motorização híbrida voltada para o desempenho, usando um KERS como da Fórmula 1. A marca tem experiência com isso, já que o sistema é usado também no GT-R LM Nismo usado na Le Mans.

Mais sobre o Nissan GT-R:

Essas duas novas informações contradizem rumores anteriores do ano passado. A marca teria dito que a geração R36 não seria híbrida e que o modelo atual irá continuar em linha até 2027. Claro, muita coisa pode ter mudado desde então, já que a Nissan passou por muitos momentos deste o ano passado, como as acusações contra Carlos Ghosn e problemas financeiros.

Agora que a Nissan está caminhando para se recuperar, o plano de oferecer um novo esportivo topo de linha pode ter recebido força, já que o GT-R é um modelo muito usado no automobilismo, mesmo com sua idade avançada. E, como a marca está trabalhando até em um sucessor para o 370Z, isso significa que ela irá se posicionar de forma agressiva, mostrando que tem um DNA esportivo.


Source: Automotive News