Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.177,55
    -92,52 (-0,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    55.164,01
    +292,65 (+0,53%)
     
  • PETROLEO CRU

    81,17
    +1,02 (+1,27%)
     
  • OURO

    1.929,70
    -12,90 (-0,66%)
     
  • BTC-USD

    23.062,37
    -58,32 (-0,25%)
     
  • CMC Crypto 200

    523,95
    -3,24 (-0,61%)
     
  • S&P500

    4.060,43
    +44,21 (+1,10%)
     
  • DOW JONES

    33.949,41
    +205,57 (+0,61%)
     
  • FTSE

    7.761,11
    +16,24 (+0,21%)
     
  • HANG SENG

    22.566,78
    +522,13 (+2,37%)
     
  • NIKKEI

    27.362,75
    -32,26 (-0,12%)
     
  • NASDAQ

    12.075,25
    +202,00 (+1,70%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5192
    -0,0196 (-0,35%)
     

Novo ministro dos Transportes defende ampliação de ferrovias e parceria com iniciativa privada

BRASÍLIA (Reuters) - O novo ministro dos Transportes, Renan Filho, disse nesta terça-feira que o transporte contínuo em rodovias é insustentável e o caminho para resolver isso é a ampliação da malha ferroviária, defendendo a participação da iniciativa privada nesse processo.

Em seu discurso na cerimônia de transmissão de cargo, Renan Filho disse que as estradas do país estão sobrecarregadas e os investimentos nelas são insuficientes.

Segundo ele, o ministério buscará ampliar a participação das ferrovias como matriz do transporte junto com a iniciativa privada.

Renan Filho repetiu que nos próximos 15 dias irá apresentar um plano para 100 dias.

(Por Ricardo Brito)