Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.812,87
    +105,11 (+0,09%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.729,80
    -4,24 (-0,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    90,71
    +0,21 (+0,23%)
     
  • OURO

    1.771,80
    +0,60 (+0,03%)
     
  • BTC-USD

    23.226,34
    -136,71 (-0,59%)
     
  • CMC Crypto 200

    558,74
    +1,01 (+0,18%)
     
  • S&P500

    4.283,74
    +9,70 (+0,23%)
     
  • DOW JONES

    33.999,04
    +18,72 (+0,06%)
     
  • FTSE

    7.541,85
    +26,10 (+0,35%)
     
  • HANG SENG

    19.763,91
    -158,54 (-0,80%)
     
  • NIKKEI

    28.942,14
    -280,63 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    13.522,00
    -1,25 (-0,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2349
    +0,0211 (+0,40%)
     

Novo ministro da Economia da Argentina diz que buscará equilíbrio fiscal, superávit e fortalecimento de reservas

Novo ministro da Economia da Argentina, Sergio Massa

BUENOS AIRES (Reuters) - A Argentina buscará equilíbrio fiscal, superávit comercial, fortalecimento das reservas e desenvolvimento econômico com inclusão, disse o novo ministro da Economia, Sergio Massa, na noite desta quarta-feira, ao anunciar seu plano de trabalho.

Massa, um advogado que até então era presidente da Câmara de Deputados, disse que se reuniu com o Fundo Monetário Internacional (FMI) para garantir a continuação dos desembolsos planejados para a Argentina, que tem um programa de cerca de 44 bilhões de dólares com o fundo.

O ministro, que disse que o país cumprirá a meta de 2,5% de déficit estabelecida no Orçamento, também anunciou que lançará uma troca voluntária para vencimentos da dívida em pesos nos próximos 90 dias, que terminará na terça-feira e que já gerou compromissos de adesão de 60%.

(Reportagem de Lucila Sigal)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos