Mercado fechará em 6 h 40 min

Novo ministério é para reforçar e integrar comunicação social, diz Pontes

Fabio Graner e Matheus Schuch

Segundo ministro, secretarias de radiodifusão e telecomunicações serão deslocadas de sua pasta O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Marcos Pontes, disse nesta quinta-feira que o motivo da cisão do seu ministério é reforçar a comunicação social do governo e integrá-la com as demais “comunicações”, que envolvem a radiodifusão e as telecomunicações.

Em entrevista coletiva, Pontes comentou a recriação do Ministério das Comunicações, sob o comando do deputado Fábio Faria (PSD-RN), que diminui o alcance de sua pasta.

marcos pontes, astronauta

Carolina Antunes/PR

Segundo ele, as secretarias de radiodifusão e de telecomunicações serão deslocadas do MCTIC para o novo ministério, que terá também a Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom), anteriormente na Presidência.

Além disso, serão deslocadas para a nova das Comunicações a EBC (que tem a TV Brasil), os Correios e a Telebras. A Anatel, agência reguladora do setor de telecomunicações, também ficará na alçada do novo ministério.

Pontes disse que soube na quarta-feira da mudança, que é uma prerrogativa do presidente, e que recebeu a notícia com tranquilidade.