Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.523,47
    -1.617,17 (-1,47%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.049,05
    +174,14 (+0,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,23
    -2,65 (-3,49%)
     
  • OURO

    1.877,70
    -53,10 (-2,75%)
     
  • BTC-USD

    23.341,45
    -10,25 (-0,04%)
     
  • CMC Crypto 200

    535,42
    -1,43 (-0,27%)
     
  • S&P500

    4.136,48
    -43,28 (-1,04%)
     
  • DOW JONES

    33.926,01
    -127,93 (-0,38%)
     
  • FTSE

    7.901,80
    +81,64 (+1,04%)
     
  • HANG SENG

    21.660,47
    -297,89 (-1,36%)
     
  • NIKKEI

    27.509,46
    +107,41 (+0,39%)
     
  • NASDAQ

    12.616,50
    -230,25 (-1,79%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5385
    +0,0488 (+0,89%)
     

Novo método de alteração metabólica pode ajudar a deter obesidade e até câncer

Em estudo publicado na revista Proceedings of the National Academy of Sciences, pesquisadores descreveram a descoberta de um método de mudança metabólica que pode ajudar a deter obesidade e até câncer. A técnica consiste em modificar a função de uma enzima essencial para a produção de gordura.

Através de experimentos em larvas de mosca-das-frutas (Tephritidae), os pesquisadores estudaram ácido graxo sintase, uma enzima que desempenha um papel na lipogênese — o processo de transformar o excesso de carboidratos da dieta em gordura.

Embora a pesquisa não tenha sido feita em humanos, os cientistas acreditam que só de descobrir a capacidade de acelerar ou desacelerar o metabolismo lipídico pode ter consequências positivas para a medicina no futuro. O estudo explica que depois que proteínas são criadas com base no código genético, sua função pode ser alterada por um processo de modificação pós-traducional. Isso altera a eficácia na produção de gordura.

O que acontece é que, além de seu papel na obesidade, níveis elevados de lipogênese estão ligados ao câncer, portanto, controlar esse processo por meio de um único aminoácido pode levar a tratamentos direcionados e muito mais precisos do que bloquear toda a proteína.

Ciência contra a obesidade

Cientistas descobrem mudança metabólica capaz de ajudar contra obesidade (Imagem: AtlasComposer/Envato)
Cientistas descobrem mudança metabólica capaz de ajudar contra obesidade (Imagem: AtlasComposer/Envato)

Já não é de hoje que a comunidade científica une forças para combater a obesidade. Para se ter uma noção, recentemente a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) chegou até mesmo a aprovar o primeiro tratamento injetável para obesidade no Brasil. Trata-se do Wegovy, fabricado pela Novo Nordisk. Para chegar a essa aprovação, vários ensaios clínicos foram conduzidos.

Esse tratamento injetável para obesidade funciona como um agonista receptor do GLP-1 (GLP-1 RA), com 94% de semelhança com o hormônio humano GLP-1 que é produzido naturalmente. A molécula induz a perda de peso, reduz a fome e aumenta a sensação de saciedade.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: