Mercado abrirá em 7 h 40 min
  • BOVESPA

    114.064,36
    +1.782,08 (+1,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.464,27
    +125,93 (+0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,35
    +0,05 (+0,07%)
     
  • OURO

    1.750,40
    +0,60 (+0,03%)
     
  • BTC-USD

    44.155,95
    +103,66 (+0,24%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.101,59
    -7,33 (-0,66%)
     
  • S&P500

    4.448,98
    +53,34 (+1,21%)
     
  • DOW JONES

    34.764,82
    +506,50 (+1,48%)
     
  • FTSE

    7.078,35
    -5,02 (-0,07%)
     
  • HANG SENG

    24.480,84
    -30,14 (-0,12%)
     
  • NIKKEI

    30.225,11
    +585,71 (+1,98%)
     
  • NASDAQ

    15.282,00
    -21,50 (-0,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2231
    -0,0019 (-0,03%)
     

Novo Hotspot de Copenhage é pioneiro para sustentabilidade

·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Em uma ensolarada tarde de quarta-feira nos arredores de Copenhage, o antigo estaleiro que hoje dá lugar ao bairro Nordhavn é pura animação. Ao longo da orla, jovens mergulham e relaxam no impecável deck de madeira. Cafés estão repletos de clientes que desfrutam bebidas e folhados.

A transformação dessa antiga área industrial é um processo de mais de 10 anos e só deve estar completa em 2050, quando haverá moradia para 40.000 pessoas e local de trabalho para mais 40.000. Nos últimos 18 meses, a renovação se acelerou e já existem residências e escritórios prontos para quase 5.000 pessoas.

A área foi projetada como “cidade de cinco minutos”, o que significa que é possível chegar a lojas, locais de trabalho, instalações culturais e transporte público em cinco minutos de caminhada a partir de qualquer lugar desse distrito de 3,6 quilômetros quadrados, distribuídos em píeres e ilhotas conectadas na costa norte da capital dinamarquesa.

O acesso é facilitado por uma linha de metrô inaugurada em março do ano passado, que liga esse antigo bairro industrial ao centro da cidade em 20 minutos.

Há piscinas e decks de madeira à beira d’água, cinemas, palcos. Nos próximos anos, o estaleiro desativado será convertido em um enorme espaço cultural com instalações para performances ao ar livre, parque de esculturas, ateliês, estúdios, butiques, playgrounds de design sofisticado e restaurantes “ecologicamente conscientes”, de acordo com a planta do projeto. Todas as instalações seguirão estilos de construção que priorizam materiais reciclados.

Desde o início das obras em 2009, Nordhavn é vitrine da construção verde de ponta. Algumas das inovações são simples, como a grande presença de trilhas para ciclistas e pedestres. Outras têm tecnologia extremamente avançada, como um “armazém de dados de energia” que coleta informações em tempo real sobre geração eólica e solar, indicadores climáticos, custos de energia e consumo de todos os recursos na região, incluindo aquecimento, transporte e eletricidade.

Verde desde o início

More stories like this are available on bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos