Mercado abrirá em 7 h 32 min
  • BOVESPA

    114.177,55
    -92,52 (-0,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    55.164,01
    +292,65 (+0,53%)
     
  • PETROLEO CRU

    81,38
    +0,37 (+0,46%)
     
  • OURO

    1.921,80
    -8,20 (-0,42%)
     
  • BTC-USD

    22.850,08
    -313,49 (-1,35%)
     
  • CMC Crypto 200

    517,35
    -9,83 (-1,86%)
     
  • S&P500

    4.060,43
    +44,21 (+1,10%)
     
  • DOW JONES

    33.949,41
    +205,57 (+0,61%)
     
  • FTSE

    7.761,11
    +16,24 (+0,21%)
     
  • HANG SENG

    22.555,27
    -11,51 (-0,05%)
     
  • NIKKEI

    27.363,80
    +1,05 (+0,00%)
     
  • NASDAQ

    12.033,00
    -73,75 (-0,61%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5110
    -0,0087 (-0,16%)
     

Novo estudo mostra que a Masimo Patient SafetyNet™ ajudou os médicos a reduzir eventos e taxas de RCP, melhorar a taxa de sucesso da RCP e reduzir o tempo de permanência e a mortalidade hospitalar

NEUCHATEL, Suíça, January 05, 2023--(BUSINESS WIRE)--A Masimo (NASDAQ: MASI) anunciou hoje os resultados de um estudo antes e depois publicado na PLoS ONE , no qual o Dr. Ahmed Balshi e colegas da King Saud Medical City, em Riad, Arábia Saudita, avaliaram o impacto da implementação do monitoramento remoto de pacientes com o Patient SafetyNet™ da Masimo na eficácia das equipes de resposta rápida (ERRs) hospitalares. Comparando os resultados antes e após a implementação do Patient SafetyNet, eles descobriram que o grupo "depois" passou por mais ativações de ERR, mas teve incidência e taxa significativamente menores de ressuscitação cardiopulmonar (RCP), tempo de internação hospitalar (TIH) significativamente menor e menor mortalidade hospitalar.1

Este comunicado de imprensa inclui multimédia. Veja o comunicado completo aqui: https://www.businesswire.com/news/home/20230104006035/pt/

Patient SafetyNet™ Masimo com Replica® e Root® (Gráfico: Business Wire)

Observando que o acionamento da ERR depende da "detecção oportuna da deterioração [do paciente]", os pesquisadores procuraram determinar se um sistema de vigilância remota do paciente que automatizasse o cálculo e a transmissão dos escores de alerta precoce poderia levar ao reconhecimento precoce de mudanças no status do paciente e à melhoria da eficácia das ERRs. Eles levantaram a hipótese de que a implementação de tal sistema poderia diminuir a taxa de eventos adversos graves, como resultado do acionamento potencialmente mais rápido da ERR. Para esse fim, eles projetaram um estudo "antes" e "depois" em um grande hospital do governo (1.200 leitos de internação) no centro da Arábia Saudita, onde a UTI se integra, na forma de uma ERR, à enfermaria geral.

No período "antes" (dados retrospectivos), enfermeiros registraram manualmente os sinais vitais dos pacientes, calcularam os escores de alerta e acionaram as ERR; no período "pós" (dados prospectivos), os dados de sinais vitais coletados à beira do leito, com escores de alerta calculados automaticamente, foram retransmitidos sem fio para os postos de enfermagem para vigilância remota centralizada do paciente e acionamento da ERR. Tanto antes quanto depois, o acionamento de uma ERR foi desencadeado quando os sinais vitais de um paciente se deterioraram a ponto de pontuar ≥ 5 na escala MEWS (Modified Early Warning Score). Os dados do grupo "Antes" foram analisados de 2.346 pacientes adultos de janeiro a agosto de 2020 e os dados do grupo "depois" de 2.151 pacientes de setembro de 2020 a abril de 2021. Para o grupo "Depois", o Masimo Patient SafetyNet foi usado para automatizar a transferência de dados de monitoramento junto do leito para estações centrais de enfermagem, com dados de alarme e notificação também retransmitidos para os smartphones dos médicos usando o Masimo Replica®.

Os pesquisadores descobriram que no grupo "Antes", foram 78 os episódios de RCP ao longo de 20.510 dias totais de internação, com uma incidência de 3,3% e taxa de 3,8 por 1000 dias de internação (intervalo de confiança de 95%: 3 – 4,7 episódios). No grupo "Depois", foram 42 episódios ao longo de 17.945 dias de internação, com uma incidência de 1,95% e taxa de 2,3 por 1000 dias de internação (IC 95%: 1,7 – 3,2). A incidência de RCP no grupo "Após" foi significativamente menor (p = 0,01) que o grupo "Antes". Além disso, a taxa de sucesso da RCP foi significativamente maior no grupo "Depois" (antes: 38,5% vs. depois: 59,5%; p = 0,04). A média de TIH foi maior no grupo "Antes" (antes: 8,7 ± 3,4 dias vs. depois: 8,3 ± 3 dias; IC 95% da diferença: 0,2 – 0,6 dias; p < 0,001). O número de ativações de ERR foi menor no grupo "Antes" (antes: 20 ± 7 vs. depois: 23,7 ± 9,4; IC 95% da diferença: 3,2 – 4,2; p < 0,001). A mortalidade hospitalar geral foi menor no grupo "Depois" (antes: 5,45% vs. depois: 4%; IC 95%: 0,6 - 2,2; p < 0,001). Usando regressão logística multivariável, eles calcularam que estar no grupo "Depois" diminuiu as chances de um paciente precisar de ERR em 33% (razão de chances: 0,67; IC 95%: 0,46 – 0,99; p = 0,04).

Os pesquisadores concluíram: "A ativação automatizada da ERR pela Masimo Patient SafetyNet aplicada a pacientes de enfermaria médica reduziu significativamente os eventos e as taxas de RCP e o tempo de internação hospitalar e aumentou o número de ativações de ERR. Não houve diferença nas taxas de internação na UTI. Uma avaliação mais aprofundada do sistema em enfermarias cirúrgicas e ambientes mistos [deve ser] conduzida."

@Masimo | #Masimo

Sobre a Masimo

A Masimo (NASDAQ: MASI) é uma empresa global de tecnologia médica que desenvolve e produz uma ampla gama de tecnologias de monitoramento líderes do setor, incluindo medições inovadoras, sensores, monitores de pacientes e soluções de automação e conectividade. Além disso, a Masimo Consumer Audio é o lar de oito marcas de áudio lendárias, incluindo Bowers & Wilkins, Denon, Marantz e Polk Audio. Nossa missão é melhorar a vida, melhorar os resultados dos pacientes e reduzir o custo dos cuidados. A oximetria de pulso Masimo SET® Measure-through Motion and Low Perfusion™, introduzida em 1995, demonstrou em mais de 100 estudos independentes e objetivos superar outras tecnologias de oximetria de pulso.2 A Masimo SET® também demonstrou ajudar os médicos a reduzir a retinopatia grave da prematuridade em neonatos,3 melhorar a triagem CCHD em recém-nascidos,4 e, quando usado para monitoramento contínuo com Masimo Patient SafetyNet™ em enfermarias pós-cirúrgicas, reduzir as ativações da equipe de resposta rápida, as transferências de UTI e os custos.5-8 Estima-se que o Masimo SET® seja usado em mais de 200 milhões de pacientes nos principais hospitais e outros ambientes de saúde em todo o mundo,9 e é a oximetria de pulso primária em 9 dos 10 principais hospitais, conforme o U.S. News and World Report 2022-23 Best Hospitals Honor Roll.10 Em 2005, A Masimo introduziu a tecnologia de CO-oximetria de pulso rainbow®, permitindo o monitoramento não invasivo e contínuo de constituintes sanguíneos que anteriormente só podiam ser medidos de forma invasiva, incluindo hemoglobina total (SpHb®), conteúdo de oxigênio (SpOC™), carboxihemoglobina (SpCO®), metemoglobina (SpMet®), Índice de Variabilidade da Pleth (PVi®), RPVi™ (PVi rainbow® PVi), and Oxygen Reserve Index (ORi™). In 2013, Masimo introduced the Root®) e Índice de Reserva de Oxigênio (ORi™). Em 2013, a Masimo introduziu a Plataforma de Conectividade e Monitoramento de Pacientes Root®, construída desde o início para ser o mais flexível e expansível possível para facilitar a adição de outras tecnologias de monitoramento da Masimo e de terceiros; As principais adições da Masimo incluem Monitoramento de Função Cerebral SedLine® de Próxima Geração, Oximetria Regional de O3® Capnografia ISA™ com linhas de amostragem NomoLine®. A família de CO-oxímetros® de monitoramento contínuo e de verificação pontual da Masimo inclui dispositivos projetados para uso em uma variedade de cenários clínicos e não clínicos, incluindo tecnologia vestível sem fio, como Radius-7®, Radius PPG® e Radius VSM™, dispositivos portáteis como Rad-67®, oxímetros de pulso na ponta dos dedos como MightySat® Rx e dispositivos disponíveis para uso no hospital e em casa, como o Rad-97®. As soluções de automação hospitalar e residencial e conectividade da Masimo são centradas na plataforma Masimo Hospital Automation™ e incluem Iris® Gateway, iSirona™, Patient SafetyNet, Replica®, Halo ION®, UniView®, UniView :60™, e Masimo SafetyNet®. Seu crescente portfólio de soluções de saúde e bem-estar inclui o Radius Tº® e o relógio Masimo W1™. Informações adicionais sobre a Masimo e seus produtos podem ser encontradas em www.masimo.com. Estudos clínicos publicados sobre os produtos Masimo podem ser encontrados em www.masimo.com/evidence/featured-studies/feature/.

ORi, RPVi e Radius VSM não receberam autorização 510(k) da FDA e não estão disponíveis para venda nos Estados Unidos. O uso da marca registrada Patient SafetyNet está sob licença do University HealthSystem Consortium.

Referências

  1. Balhi AN, Al-Odat MA, Alharthy AM, Alshaya RA, Alenzi HM, Dambung AS, Mhawish H, Altamimi SM, Aletreby WT. Tele-Rapid Response Team (Tele-RRT): O efeito da implementação do sistema de rede de segurança do paciente nos resultados de pacientes médicos – Um estudo de coorte antes e depois. PLoS ONE. 17(11):e0277992. https://doi.org/10.1371/journal.pone.0277992.

  2. Estudos clínicos publicados sobre oximetria de pulso e os benefícios do SET® Masimo podem ser encontrados em nosso site em http://www.masimo.com. Os estudos comparativos incluem estudos independentes e objetivos compostos de resumos apresentados em encontros científicos e artigos de periódicos revisados por pares.

  3. Castillo A et al. Prevention of Retinopathy of Prematurity in Preterm Infants through Changes in Clinical Practice and SpO 2 Technology. Acta Paediatr. 2011 Feb;100(2):188-92.

  4. de-Wahl Granelli A et al. Impact of pulse oximetry screening on the detection of duct dependent congenital heart disease: a Swedish prospective screening study in 39,821 newborns. BMJ. 2009;Jan 8;338.

  5. Taenzer A et al. Impact of pulse oximetry surveillance on rescue events and intensive care unit transfers: a before-and-after concurrence study. Anesthesiology. 2010:112(2):282-287.

  6. Taenzer A et al. Postoperative Monitoring – The Dartmouth Experience. Anesthesia Patient Safety Foundation Newsletter. Spring-Summer 2012.

  7. McGrath S et al. Surveillance Monitoring Management for General Care Units: Strategy, Design, and Implementation. The Joint Commission Journal on Quality and Patient Safety. 2016 Jul;42(7):293-302.

  8. McGrath S et al. Inpatient Respiratory Arrest Associated With Sedative and Analgesic Medications: Impact of Continuous Monitoring on Patient Mortality and Severe Morbidity. J Patient Saf. 2020 14 Mar. DOI: 10.1097/PTS.0000000000000696.

  9. Estimativa: Dados da Masimo em arquivo.

  10. http://health.usnews.com/health-care/best-hospitals/articles/best-hospitals-honor-roll-and-overview.

Declarações Prospectivas

Este comunicado à imprensa inclui declarações prospectivas, conforme definido na Seção 27A da Lei de Valores Mobiliários de 1933 e na Seção 21E da Lei de Valores Mobiliários de 1934, com a Lei de Reforma de Litígios de Títulos Privados de 1995. Essas declarações prospectivas incluem, entre outras, declarações sobre a eficácia potencial da Patient SafetyNet™ e Replica® da Masimo. Essas declarações prospectivas são baseadas nas expectativas atuais sobre eventos futuros que nos afetam e estão sujeitas a riscos e incertezas, todos difíceis de prever e muitos dos quais estão além do nosso controle e podem fazer com que nossos resultados reais difiram material e adversamente daqueles expressos em nossas declarações prospectivas como resultado de vários fatores de risco, incluindo, mas não limitado a: riscos relacionados aos nossos pressupostos em relação à repetibilidade dos resultados clínicos; riscos relacionados à nossa crença de que as tecnologias de medição não invasivas exclusivas da Masimo, incluindo a SpHb Masimo, contribuem para resultados clínicos positivos e segurança do paciente; riscos de que as conclusões e descobertas dos pesquisadores possam ser imprecisas; riscos relacionados à nossa crença de que os avanços médicos não invasivos da Masimo fornecem soluções econômicas e vantagens exclusivas; riscos relacionados à COVID-19; bem como outros fatores discutidos na seção "Fatores de Risco" de nossos relatórios mais recentes arquivados na Securities and Exchange Commission ("SEC"), que podem ser obtidos gratuitamente no site da SEC em www.sec.gov. Embora acreditemos que as expectativas refletidas em nossas declarações prospectivas sejam razoáveis, não sabemos se nossas expectativas se mostrarão corretas. Todas as declarações prospectivas incluídas neste comunicado à imprensa são expressamente qualificadas em sua totalidade pelas declarações de advertência acima. Orientamos a não depositar confiança indevida nessas declarações prospectivas, que falam apenas a partir da data de hoje. Não assumimos nenhuma obrigação de atualizar, alterar ou esclarecer essas declarações ou os "Fatores de Risco" contidos em nossos relatórios mais recentes arquivados na SEC, seja como resultado de novas informações, eventos futuros ou de outra forma, exceto conforme exigido pelas leis de valores mobiliários aplicáveis.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Ver a versão original em businesswire.com: https://www.businesswire.com/news/home/20230104006035/pt/

Contacts

Contato com a mídia:
Masimo
Evan Lamb
949-396-3376
elamb@masimo.com