Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.923,93
    +998,33 (+0,90%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.234,37
    -223,18 (-0,43%)
     
  • PETROLEO CRU

    80,34
    -0,88 (-1,08%)
     
  • OURO

    1.797,30
    -3,80 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    17.060,09
    +97,46 (+0,57%)
     
  • CMC Crypto 200

    404,33
    +2,91 (+0,72%)
     
  • S&P500

    4.071,70
    -4,87 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    34.429,88
    +34,87 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.556,23
    -2,26 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    18.675,35
    -61,09 (-0,33%)
     
  • NIKKEI

    27.777,90
    -448,18 (-1,59%)
     
  • NASDAQ

    11.979,00
    -83,75 (-0,69%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4940
    +0,0286 (+0,52%)
     

Novo estudo destaca malefícios de vape para o coração

Diversos estudos já destacaram os malefícios do vape, mas o mais recente, publicado na Arteriosclerosis, Thrombosis and Vascular Biology, reiterou que a atividade é ainda mais prejudicial ao coração do que se pensava.

O estudo traz à tona dois experimentos: um realizado em humanos e outro em ratos. Ambos permitiram chegar à descoberta de que a inalação de substâncias estranhas, em vez de componentes específicos do vapor do cigarro eletrônico ou da fumaça do cigarro, parece ter efeitos adversos.

"Milhares de produtos químicos foram identificados na fumaça do tabaco, alguns dos quais também estão presentes em aerossóis de cigarros eletrônicos, seja como ingrediente original ou como produto de reação química do processo de aquecimento. Procuramos descobrir qual componente específico da fumaça ou do vapor do cigarro eletrônico pode ser responsável por interferir na capacidade dos vasos sanguíneos de funcionarem com eficiência”, diz o estudo.

Novo estudo destaca malefícios de vape para o coração (Imagem: Nery Zarate/Unsplash)
Novo estudo destaca malefícios de vape para o coração (Imagem: Nery Zarate/Unsplash)

Conforme os experimentos indicaram, os gases e as partículas de carbono tiveram efeitos prejudiciais semelhantes aos da fumaça do tabaco, apesar de representarem componentes químicos e físicos completamente diferentes da fumaça.

O segundo experimento ainda sugere que tanto vape quanto cigarro parecem causar alterações relacionadas a doenças cardíacas. “Cigarro e vape podem ter efeitos cardiovasculares prejudiciais semelhantes, mas cada condição causa alguns efeitos potencialmente prejudiciais que a outra não”, conclui o estudo.

Anteriormente, outras pesquisas já chegaram a concluir que o uso de vapes pode desencadear mutações gênicas similares às do fumo e que pode ter um efeito prejudicial que atinge apenas o sexo masculino.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: