Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.515,74
    +714,95 (+0,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.869,48
    +1,16 (+0,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,45
    +0,19 (+0,27%)
     
  • OURO

    1.812,30
    -5,80 (-0,32%)
     
  • BTC-USD

    39.529,26
    -876,77 (-2,17%)
     
  • CMC Crypto 200

    951,68
    -9,21 (-0,96%)
     
  • S&P500

    4.387,16
    -8,10 (-0,18%)
     
  • DOW JONES

    34.838,16
    -97,31 (-0,28%)
     
  • FTSE

    7.081,72
    +49,42 (+0,70%)
     
  • HANG SENG

    26.235,80
    +274,77 (+1,06%)
     
  • NIKKEI

    27.781,02
    +497,43 (+1,82%)
     
  • NASDAQ

    14.966,75
    +14,00 (+0,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1431
    -0,0010 (-0,02%)
     

Novo documentário da Apple TV+ mostra as 12 horas após ataques de 11 de setembro

·2 minuto de leitura

Os 20 anos dos ataques terroristas aos EUA serão lembrados em um documentário da Apple em parceria com a BBC. A produção, chamada de 9/11: Inside The President’s War Room (11/9: Dentro da Sala de Guerra do Presidente, em tradução livre) será lançado em setembro e vai mostrar as 12 horas que se seguiram ao impacto do primeiro avião contra as torres gêmeas do World Trade Center.

A produção dirigida por Adam Wishart conta a história do incidente a partir da perspectiva da presidência e dos principais decisores à época. Segundo a Apple, o título traz testemunhos de George W. Bush e Dick Cheney, presidente e vice-presidente dos EUA em 2001, bem como da conselheira de segurança nacional Condoleezza Rice e do secretário de Estado Colin Powell — todos eles contam os dilemas de tomar decisões contra o relógio. Além disso, a obra traz cerca de 200 fotos nunca publicadas.

Imagem: Divulgação/Hulu
Imagem: Divulgação/Hulu

Apesar de ser um tema delicado, esse tipo de tragédia nacional não é totalmente desconhecido pelos serviços de streaming. A narração será feita pelo ator Jeff Daniels, que também foi a voz de The Looming Tower — em que a plataforma Hulu conta os eventos do ataque de forma ficcional. A obra da Apple tem nomes premiados na produção: Serena Kennedy, Simon Finch e Neil Grant.

Apesar da proposta de contar os fatos crus do dia do atentado, a tendência é que a Apple produza um documentário bem acabado para participar de festivais. Foi assim com Boys State, que levou o Grande Prêmio do Júri do Festival de Sundance, e com as séries Pequenas Maravilhas (Tiny World) e Noite na Terra em Cores (Earth at Night in Color), nomeadas para a premiação da Academia Britânica de TV e Cinema.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos