Mercado fechará em 2 h 47 min
  • BOVESPA

    109.522,04
    -264,26 (-0,24%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.504,08
    -232,40 (-0,54%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,24
    +0,33 (+0,73%)
     
  • OURO

    1.809,30
    +4,70 (+0,26%)
     
  • BTC-USD

    19.160,79
    -105,85 (-0,55%)
     
  • CMC Crypto 200

    380,61
    +10,09 (+2,72%)
     
  • S&P500

    3.624,20
    -11,21 (-0,31%)
     
  • DOW JONES

    29.905,38
    -140,86 (-0,47%)
     
  • FTSE

    6.380,07
    -52,10 (-0,81%)
     
  • HANG SENG

    26.669,75
    +81,55 (+0,31%)
     
  • NIKKEI

    26.296,86
    +131,27 (+0,50%)
     
  • NASDAQ

    12.131,75
    +55,75 (+0,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3629
    -0,0340 (-0,53%)
     

Covid-19: Filho de Trump chama mil mortes de "quase nada" e especialistas de "idiotas"

·1 minuto de leitura
Foto: AP
Foto: AP

Donald Trump Jr., filho do presidente dos Estados Unidos, afirmou, de forma errônea, que as mortes pelo novo coronavírus diminuíram para “quase nada” no país. Isso porque, nesta quinta-feira (29), de acordo com a Universidade Johns Hopkins, os EUA registraram 1.021 óbitos motivados pela Covid-19.

A declaração repercutiu negativamente e acontece às vésperas da eleição presidencial, marcada para o próximo dia 3. Também nesta quinta, os EUA baterem o recorde diário de casos, com cerca de 90 mil casos confirmados.

"Analisei os dados do CDC porque sempre ouvia falar de novas infecções, mas pensei, 'Bem, por que eles não estão falando sobre mortes?'", questionou-se Trump Jr., referindo-se aos Centros de Controle e Prevenção de Doenças, em entrevista à Fox News.

Leia também

Na sequência, o filho do presidente fala do número de óbitos como se fosse ínfimo. Os Estados Unidos são o país mais afetado pela pandemia no planeta: são mais de 228 mil mortes e quase nove milhões de casos confirmados. Trump Jr. ainda chamou os especialistas em saúde do país de “realmente idiotas".

"Oh, oh, porque o número é quase nada. Por termos obtido o controle dessa coisa, entendemos como funciona. Eles têm a terapêutica para poder lidar com isso", disse Trump Jr.

O filho do presidente, que tenta a reeleição, mas está atras do adversário Joe Biden nas pesquisas, afirmou ainda que os EUA estão “superando a Europa de uma forma positiva".