Mercado fechado

Novo Citroën C4 vira crossover-cupê para substituir C4 Cactus na Europa

br.info@motor1.com (Nicolas Tavares)
Citroën C4 e ë-C4 2021

Modelo tem primeiras imagens reveladas antes da apresentação, marcada para 30 de junho

A apresentação oficial do novo Citroën C4 está marcada para o dia 30 de junho, mas a fabricante francesa achou uma boa ideia já revelar as primeiras fotos oficiais do carro. Como adiantado por Motor1.com, a marca irá substituir o C4 Cactus na Europa e, para isso, decidiu que o novo C4 não seria um hatchback, mas sim um crossover com traseira de cupê. E ele ainda terá uma versão totalmente elétrica, batizada como ë-C4.

O novo Citroën C4 traz um estilo que é uma evolução do hatch C3 e do SUV médio C5 Aircross, como a dianteira deixa bem clara, usando duas linhas de LED bem finas na parte superior, enquanto os faróis ficam mais abaixo. A diferença aqui é que tanto a entrada de ar quanto as linhas cromadas que formam o logo da Citroën estão bem menores.

Passando para a lateral, podemos notar que os “airbumps”, proteções de plástico na parte inferior das portas, fora substituídos por uma peça plástica que tem um pequeno trapézio. A porta dianteira também mostra uma depressão perto da caixa de roda, algo bem incomum. A traseira é a parte onde o C4 mais mudou. Embora a imagem esteja em um ângulo ruim, é possível ver que terá lanternas horizontais, com duas linhas em LED subindo em direção à coluna C. Fica logo abaixo de um spoiler integrado à tampa do porta-malas. As luzes são interligados por uma pintura preta. Logo abaixo estão as luzes refletoras na vertical, que têm uma área própria que até parece uma passagem de ar.

Mais notícias da Citroën

O interior não foi tão ousado assim, ficando mais parecido com o C4 Cactus vendido no Brasil. Conta com uma central multimídia horizontal, que continua a ser flutuante, mas agora está mais integrada ao painel por conta do acabamento em black piano que vai dos botões físicos até a lateral direita do display. Ostenta um quadro de instrumentos digital, usando uma tela colorida, ao invés do esquema monocromático do modelo nacional. O volante também é novo, parecendo mais fino do que o atual.

Citroën C4 e ë-C4 2021
Citroën C4 e ë-C4 2021

A Citroën não falou nada sobre a parte técnica do novo C4. Sabemos que ele usa a plataforma modular CMP, na versão EMP1, compartilhada também pelos novos Peugeot 208 e 2008. A marca diz apenas que ele terá versões a gasolina, diesel e o elétrico ë-C4. O mais provável é que ofereça as mesmas motorizações que o 2008, adotando o 1.2 turbo de três cilindros, nas versões de 100 cv, 130 cv e 155 cv, enquanto o diesel será o 1.5 turbo nas versões de 100 cv e 120 cv. As transmissões podem ser a manual de 6 marchas ou automática de 8 posições. Já o ë-C4 deve contar com um motor elétrico de 136 cv e 26,5 kgfm, entregando uma autonomia de 310 km com suas baterias de 50 kWh.

A apresentação oficial do Citroën C4 2021 acontecerá no dia 30 de junho, quando saberemos todas as suas especificações, como medidas, motores e equipamentos. O lançamento na Europa é esperado o final do ano em alguns países, chegando ao resto do continente no começo de 2021. Já no Brasil, a troca de geração deve levar um tempo, pois o C4 Cactus foi lançado por aqui em 2018. Antes disso veremos o seu primo Peugeot 2008 de nova geração chegar ao mercado, previsto para 2021 ou no máximo 2022.

Fotos: divulgação