Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,13 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,50
    +0,46 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.763,90
    -10,90 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    35.882,69
    -2.112,73 (-5,56%)
     
  • CMC Crypto 200

    888,52
    -51,42 (-5,47%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,37 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.103,00
    -62,50 (-0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0361
    +0,0736 (+1,23%)
     

Novo boleto? PIX cobrança começa a funcionar nesta sexta (14)

·2 minuto de leitura
Novo boleto? PIX cobrança começa a funcionar nesta sexta (14)
Novo boleto? PIX cobrança começa a funcionar nesta sexta (14)

O Banco Central (BC) liberou nesta sexta-feira (14) o funcionamento do PIX Cobrança. Dessa forma, estabelecimentos comerciais e prestadores de serviços poderão emitir um QR Code para que clientes possam realizar pagamentos com limite de datas, da mesma forma que acontece hoje com boletos.

Também da mesma forma que acontece com boletos, os códigos do PIX Cobrança englobam informações como valor a ser cobrado, descontos, além de juros e multa, no caso de atrasos.

O QR Code do sistema de pagamentos instantâneos do BC foi aprovado em abril, juntamente com a implementação de outro recurso: o Pix Agendado, que permite programar pagamentos futuros.

Este último, no entanto, ainda não está funcionando, porque o Banco Central ampliou o prazo para o desenvolvimento da ferramenta. A previsão para que seja liberado é a partir de 1º de julho.

Golpe promete dinheiro em dobro em transferências do PIX
Pagamentos via PIX Cobrança começam a funcionar a partir desta sexta-feira (14). Foto: Alexandre Tavares Silva/Shutterstock

Segundo o BC, a leitura de QR Code é obrigatória para todas as instituições participantes do PIX, mas a oferta do PIX Cobrança é facultativa. As instituições financeiras que aderirem ao recurso têm até julho para se adaptar às mudanças.

Veja também!

Próximas implementações

Dentro do calendário de próximos lançamentos para o PIX ainda neste estão o PIX Saque, recurso atualmente em consulta pública junto com o PIX Troco. O PIX Saque prevê a retirada de recursos em espécie, enquanto que o PIX Troco, que será atrelado a uma compra ou prestação de serviços e estabelece que o cliente pode realizar uma transação com um valor maior do que a compra para receber o valor da diferença em dinheiro.

Também estão mapeados o lançamento do PIX por aproximação e do PIX Offline, para que seja possível realizar transações mesmo offline.

Para 2022, a expectativa é que o BC libere dois recursos na primeira metade do ano: o PIX Garantido, que possibilita o parcelamento de compras via sistema; e o PIX débito automático, com foco em pagamentos recorrentes.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos