Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.575,47
    +348,47 (+0,32%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    41.674,30
    -738,20 (-1,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,52
    -0,19 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.783,10
    -22,40 (-1,24%)
     
  • BTC-USD

    18.094,65
    +326,59 (+1,84%)
     
  • CMC Crypto 200

    333,27
    -37,24 (-10,05%)
     
  • S&P500

    3.638,35
    +8,70 (+0,24%)
     
  • DOW JONES

    29.910,37
    +37,87 (+0,13%)
     
  • FTSE

    6.367,58
    +4,65 (+0,07%)
     
  • HANG SENG

    26.894,68
    +75,28 (+0,28%)
     
  • NIKKEI

    26.644,71
    +107,41 (+0,40%)
     
  • NASDAQ

    12.273,25
    +121,00 (+1,00%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3924
    +0,0525 (+0,83%)
     

Novo beta do macOS Big Sur aponta para chegada do Face ID aos Macs

Ramon de Souza
·2 minuto de leitura

Aqui vai uma boa notícia para quem possui um Mac: ao que tudo indica, a Apple está se preparando para lançar novos dispositivos da família equipados com a tecnologia Face ID de autenticação via reconhecimento facial, já presente em iPhones e iPads.

O pessoal do 9to5Mac percebeu que, no código-fonte do novo macOS Big Sur beta 3, há referências à TrueDepth, câmera com sistema proprietário da Maçã e que é a grande responsável por possibilitar esse mapeamento eficiente do rosto humano.

Além de citar “PearlCamera” (codinome usado internamente pela empresa para se referir à TrueDepth), o sistema fala sobre “FaceDetect” e “BioCapture”, reforçando ainda mais um suporte antecipado para uma adição futura de capacidades de reconhecimento biométrico. Atualmente, nenhum aparelho da família Mac possui uma câmera TrueDepth.

Por mais que a implementação ainda esteja em seus estágios iniciais, é difícil não supor que a novidade fará parte da nova linha de MacBooks Air e Pro com circuito integrado Apple Sillicon, prometidos para este segundo semestre de 2020. Atualmente, os notebooks da marca se limitam a oferecer autenticação via impressão digital Touch ID.

Vale lembrar que a Apple é uma das defensoras ferrenhas de um “mundo sem senhas”, apostando alto em tecnologias alternativas de autenticação. A próxima versão do Safari para o iOS 14, por exemplo, vai permitir que você faça login nos sites usando o Face ID ou Touch ID, dispensando a necessidade de digitar credenciais.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: