Mercado fechado
  • BOVESPA

    126.003,86
    +951,08 (+0,76%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.897,79
    +629,34 (+1,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,19
    +0,28 (+0,39%)
     
  • OURO

    1.797,20
    -2,00 (-0,11%)
     
  • BTC-USD

    37.259,20
    +2.771,86 (+8,04%)
     
  • CMC Crypto 200

    905,01
    -10,48 (-1,14%)
     
  • S&P500

    4.422,30
    +10,51 (+0,24%)
     
  • DOW JONES

    35.144,31
    +82,76 (+0,24%)
     
  • FTSE

    7.025,43
    -2,15 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    26.192,32
    -1.129,66 (-4,13%)
     
  • NIKKEI

    27.833,29
    +285,29 (+1,04%)
     
  • NASDAQ

    15.124,50
    +26,50 (+0,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1090
    -0,0126 (-0,21%)
     

Novo apagão atinge cidades do Amapá

·2 minuto de leitura

Por volta das 16h de hoje (16), um novo apagão elétrico afetou algumas cidades do Amapá, incluindo a capital Macapá. Não foram informados o total de municípios afetados.

Em nota, a Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA) informou que a falta de energia desta quarta-feira "foi provocada pela saída da Linha de Transmissão de 230 KV entre Jurupari e Laranjal do Jari", que fica na região sul do estado.

A distribuidora que atende a capital, a Linhas de Macapá Transmissora de Energia (LMTE) informou que houve desligamento momentâneo, que a causa "está sendo apurada" e o retorno do fornecimento foi imediato. "A LMTE disponibilizou no tempo de 1 minuto o transporte da energia nas linhas de transmissão Laranjal-Macapá 1 e 2".

O Ministério de Minas e Energia também se manifestou em nota e confirmou que, às 16h05, houve o desligamento do sistema de 230 KV que atende Macapá.

"Em consequência, houve o desligamento de toda a carga atendida pela Subestação Macapá, de cerca de 250 MW [megawatts]. O início da retomada do fornecimento de energia iniciou às 16h21, com o religamento de um circuito da linha de transmissão. O reestabelecimento do fornecimento está sendo realizado de forma coordenada pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). As causas do desligamento deverão ser identificadas no Relatório de Análise de Perturbação", disse a pasta, em nota.

O ONS informou que, após o apagão, a energia foi completamente restabelecida no estado por volta das 18h.

"O ONS reitera que, assim que identificou o problema, atuou prontamente para iniciar a recomposição do sistema e para que o completo fornecimento de energia fosse restabelecido o mais rápido possível. O ONS avaliará as causas da ocorrência junto aos agentes envolvidos e, posteriormente, fará um Relatório de Análise da Perturbação (RAP)".

Este é o quinto apagão elétrico registrado no Amapá este ano. Em novembro do ano passado, mais de 90% da população do estado passaram mais de 20 dias com fornecimento limitado em esquema de rodízio de energia elétrica.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos