Mercado fechado

Novas renderizações do Samsung Galaxy S11 mostra câmera vertical “em L”

Rafael Arbulu

Como já é de costume na indústria global, meses antes de sua antecipada revelação oficial, o Samsung Galaxy S11 teve novas renderizações vazadas pelo conhecido perfil OnLeaks, do Twitter. As imagens podem representar um produto ainda não finalizado e mudanças ainda podem acontecer, mas o visual deve ser majoritariamente similar ao que você vê abaixo.

Pelo material divulgado, ao que tudo indica, o Galaxy S11 deve trazer algumas notáveis mudanças em seu visual: os detalhes mais óbvios ficam na traseira — ao contrário do padrão já estabelecido de disposição de sensores na horizontal, centralizados na parte superior, o Galaxy S11 deve adotar um modelo alinhado à esquerda, no topo. Mais além, a disposição das câmeras também vai mudar: não apenas ela será verticalizada, mas seguirá um alinhamento “em L”, ou seja, um dos sensores ficará alinhado ao lado e não imediatamente abaixo do anterior. Fala-se em cinco sensores para esta parte: o sensor principal pode ser o primeiro com 108 megapixels de resolução, e também especula-se um sensor grande angular, uma lente teleobjetiva com zoom de cinco vezes e um sensor tempo-de-vôo.

No que tange à frente, o Galaxy S11 deve seguir o padrão estabelecido pelo Galaxy Note 10, com uma câmera frontal de “buraco” (punch hole) alinhada ao centro, na parte superior da tela, mas ainda não se sabe qual será a capacidade dela.

(Imagem: Reprodução/SamMobile, via OnLeaks)
(Imagem: Reprodução/SamMobile, via OnLeaks)

Os botões também devem mudar, com o Liga/Desliga e os controles de volume à direita do aparelho. Novamente copiando a própria ideia do Galaxy Note 10, a Samsung deve abrir mão do botão dedicado ao assistente pessoal Bixby no Galaxy S11, que não trará entrada para fones de ouvido — convenhamos, algo que já era de se esperar, dada a tendência do mercado.

Seriam ao todo três versões: Galaxy S11e, Galaxy S11 e Galaxy S11+, com displays de 6,3, 67 e 6,9 polegadas, respectivamente. Internamente, a prática da Samsung deve se manter: processador Exynos 990 para mercados emergentes, Snapdragon 865 (Qualcomm) em mercados principais.

A revelação oficial do Galaxy S11 deve vir apenas no primeiro trimestre de 2020, então pode ser que algumas coisas mudem até lá. Mas já vale ficar de olho porque não deve fugir muito do que os vazamentos de hoje representam.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: