Mercado abrirá em 3 h 31 min
  • BOVESPA

    129.441,03
    -634,97 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,16 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,55
    +0,64 (+0,90%)
     
  • OURO

    1.861,50
    -18,10 (-0,96%)
     
  • BTC-USD

    39.634,36
    +4.055,48 (+11,40%)
     
  • CMC Crypto 200

    923,53
    -18,28 (-1,94%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,40 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.158,72
    +24,66 (+0,35%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    29.161,80
    +213,07 (+0,74%)
     
  • NASDAQ

    14.030,00
    +35,75 (+0,26%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1908
    -0,0018 (-0,03%)
     

Novas regras do WhatsApp entram em vigor; o que acontece se você não aceitá-las?

·2 minuto de leitura

Anunciadas no começo de 2021 como potencialmente simples ajustes em seus termos, as novas regras de uso e política de privacidade do WhatsApp seguem alvo de polêmica. Isso porque o novo regramento culmina em um maior compartilhamento de dados entre o app de mensagens e o Facebook, seu proprietário.

As regras atualizadas entram em vigor neste sábado, 15 de maio de 2021, e não aceitá-las pode resultar na inutilização do aplicativo no celular. Saiba agora exatamente o que acontece caso você escolha negar o aceite proposto pelo Facebook.

E se eu não aceitar as novas regras do WhatsApp?

Segundo o site de suporte do WhatsApp, ninguém será imediatamente suspenso da plataforma caso não aceite as novas regras até 15 de maio de 2021. Especificamente no Brasil, em resposta a órgãos reguladores que questionaram a mudança, o Facebook informou que não vai aplicar qualquer tipo de limitação durante os próximos 90 dias — ou seja, por aqui, as regras passam a valer mesmo somente em 13 de agosto deste ano.

Quando elas começarem para valer, contudo, quem seguir negando as concessões solicitadas pelo aplicativo de mensagens passará a ver um incessante aviso informando sobre a mudança e poderá ter recursos limitados.

“Você não poderá acessar sua lista de conversas, mas ainda poderá atender chamadas de voz e de vídeo”, informa o WhatsApp. Ainda de acordo com o app, quem sofrer este tipo de limitação seguirá capaz de responder mensagens de texto e retornar chamadas de voz e de vídeo apenas por meio do menu embutido na notificação enviada ao seu celular.

WhatsApp seguirá importunando o usuário com a tela de aceite e, em último caso, vai inutilizar o app para quem não aceitar as novas regras (Imagem: Reprodução/WhatsApp)
WhatsApp seguirá importunando o usuário com a tela de aceite e, em último caso, vai inutilizar o app para quem não aceitar as novas regras (Imagem: Reprodução/WhatsApp)

Também conforme o mensageiro, “após algumas semanas do uso limitado dos recursos, você não poderá mais receber chamadas nem notificações, e o WhatsApp não enviará mais mensagens e chamadas para seu celular”. Em resumo, você ficará totalmente impossibilitado de se comunicar via “Zap”.

O aplicativo de mensagens alerta, porém, que o não aceite dos novos termos não vai resultar em exclusão da conta — ou seja, em qualquer momento do futuro será possível aceitar as novas regras e voltar a usar o aplicativo plenamente.

Além disso, o WhatsApp informa que nem todos os usuários que não aceitarem os termos sofrerão essas punições ao mesmo tempo. Isso quer dizer o seguinte: duas pessoas que não deram o OK na tela as novas regras podem sofrer as sanções em momentos distintos.

Para mais informações, consulte a página dedicada aos novos termos de serviço e política de privacidade no site oficial do WhatsApp.

Você já aceitou ou pretende aceitar as novas regras do WhatsApp? O que achou da mudança? Comente aí embaixo.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: